Oficina da Net Logo

Sites que ajudam na identificação de Fake News

Nem sempre é fácil identificar uma notícia falsa que circula na web, mas, alguns podem ajudar antes de repassar algum conteúdo não verdadeiro.

Por | @oficinadanet Fake News Pular para comentários

Em uma época em que as chamadas Fake News nunca estiveram tão em alta, em alguns momentos fica difícil para os usuários discernir o que é verdadeiro ou não tudo o que é repassado na internet, seja pelas redes sociais, mensageiros ou mesmo em sites.

As empresas ligadas ao meio tecnológico estão investindo cada vez mais para que driblar a propagação das notícias falsas, porém, mesmo assim, muitas delas acabam sendo propagadas com uma rapidez inacreditável.                                                            

Conheça alguns Sites que ajudam na identificação de Fake News.Conheça alguns Sites que ajudam na identificação de Fake News.

O usuário, antes de repassar alguma informação, precisa certificar-se de que ela seja realmente verdadeira, somente assim o conteúdo ficará estabilizado e não será repassado como autêntico. Além disso, nas redes sociais é possível denunciar um conteúdo que não seja verdadeiro, para que assim ele possa ser analisado e quando for comprovada a informação falsa, seja tomada as medidas cabíveis. Leia em destaque: .

Mas, para ajudar os usuários a não se tornarem repassadores de Fake News, alguns sites podem ajudar a descobrir se a informações que está circulando é verdadeira ou não. Abaixo, alguns sites que podem ser visitados antes de repassar uma notícia duvidosa.

Truco (Agência Pública)

O Truco pertence a Agência Pública e tem como objetivo checar a veracidades da notícias veiculadas na mídia. A iniciativa não possui fins lucrativos, e tem como foco a defesa dos direitos humanos.

Fact-Checking (Agência Lupa)

O site é direcionado, principalmente, na cobertura das notícias que circulam sobre as eleições de governo e presidência de 2018.

Fato ou Fake (Globo)

O site é uma iniciativa do Grupo da Globo para verificação  de conteúdos que geram suspeita. A verificação é realizada em conjunto por jornalistas da CBN, Época, Extra, G1, TV Globo, GloboNews, Jornal O Globo e Valor Econômico.

Boatos

O site foi desenvolvido pelo jornalista Edgard Matsuki ainda em 2013. A intenção é a verificação de notícias que circulam na web.

E-farsas

Um dos mais conhecidos e antigos serviços de checagem de informações é o E-farsas, que foi lançado em 2001. O portal diz que a iniciativa surgiu “com a intenção de usar a própria internet para desmistificar as histórias que nela circulam”. Todo o conteúdo é investigado pelo Analista de Sistemas Gilmar Lopes.

Comentários
Carregar comentários