Oficina da Net Logo

Facebook irá começar a banir crianças e adolescentes que se dizem maiores de idade

. A partir de agora, as contas serão bloqueadas após serem investigadas por qualquer outro motivo, comunicou a empresa.

Por | @oficinadanet Facebook Pular para comentários

Todo usuário do Facebook, ao se cadastrar na rede social, precisa marcar que “leu e concorda” os termos descritos, que dize que não pode ser usado se for menor de 13 anos. Mesmo assim, isso não impede que crianças mais jovens abram contas no site.

Levando em consideração o fato, o Facebook optou por adotar uma postura mais rígida contra a entrada de crianças na rede social. A empresa irá passar a banir perfis suspeitos de pertencerem a pessoas menores de 13 anos sem aviso prévio, disse o TechCrunch.

Atualmente, a política usada pelo Facebook é banir perfis de crianças quando são denunciadas e avaliadas por terem mentido a idade. A partir de agora, as contas serão bloqueadas após serem investigadas por qualquer outro motivo, comunicou a empresa.

Assim, caso um usuário seja denunciado por usar a foto de outra pessoa, e o Facebook descobrir através de uma apuração que o perfil pertence a uma criança menor de 13 anos, a conta em questão será bloqueada de qualquer modo. Leia em destaque: Como baixar vídeos do Facebook sem programas [ATUALIZADO 2018].

Facebook irá começar a banir crianças e adolescentes que se dizem maiores de idade.Facebook irá começar a banir crianças e adolescentes que se dizem maiores de idade.

Leia também:

Para recuperar a conta, caso tenha sido bloqueado por engano, o usuário terá que apresentar ao Facebook uma “prova” de que não mentiu a idade, como um documento pessoal com foto, ou mesmo a certidão de nascimento.

A medida começou a ser tomada após uma reportagem no Reino Unido denunciar uma política de “vista grossa” em agências terceirizadas encarregadas de revisar o conteúdo postado no Facebook, o que quebraria as regras do Facebook.

De acordo com um funcionário de uma agência chamada CPL Resources, na Irlanda, ele foi instruído a ignorar perfis que pareciam de menores de 13 anos. “Só precisamos que a pessoa admita que é menor de idade. Se não, não apenas fingimos que somos cegos”.

O Facebook não aceitou a reportagem e disse que todo o trabalho de agências terceirizadas é checado uma segunda vez por funcionários da própria rede social. Mesmo assim, a companhia afirmou que está reforçando o trabalho.

MAIS SOBRE: #Facebook  #redes-sociais  #crianças  #internet
Comentários
Carregar comentários