Oficina da Net Logo

Facebook suspende 200 aplicativos em investigação de uso indevido de dados

Em uma investigação feita por uma equipe voltada só para isso, o Facebook teve que banir cerca de 200 aplicativos que usavam dados de usuários de forma indevida.

Por | @ingridjank Facebook Pular para comentários

O Facebook está em pleno vapor para cumprir as promessas que Mark Zuckerberg fez em seu depoimento ao Senado americano. Em um texto postado hoje, 14, pelo VP de Parcerias e Produtos da empresa, Ime Archibong, o Facebook declarou que após investigar milhares de aplicativos sobre a má utilização dos dados pessoais, suspendeu cerca de 200 deles.

Esse processo foi explicado pelo CEO do Facebook, no dia 21 de março, em um post na rede social onde ele esclarece algumas questões acerca do escândalo da Cambridge Analytica, e promete algumas ações para combater que isso ocorra novamente.

Facebook teve 200 aplicativos banidos. (Imagem: Usa Today/Jefferson Graham)Facebook teve 200 aplicativos banidos. (Imagem: Usa Today/Jefferson Graham)

No post de hoje, é dito que “o Facebook investigará todos os aplicativos que tiveram acesso a grandes quantidades de informações antes de alterarmos nossas políticas de plataforma em 2014 - reduzindo significativamente os aplicativos de dados que poderiam ser acessados.” Archibong acrescenta que qualquer aplicativo individual que causar problemas vai sofrer um auditamento e ser banido do Facebook. Leia em destaque: Como baixar vídeos do Facebook sem programas [ATUALIZADO 2018].

Esse processo de investigação dos aplicativos é feito por meio de entrevistas, solicitação de informação e dos dados que acessa e auditorias que incluem inspeção no local. É dito ainda que o Facebook possui grandes equipes de especialistas internos e externos que trabalham duro em cima deste problema, tentando investigar e encontrar os problemas o mais rápido possível.

"Até hoje, milhares de aplicativos foram investigados e cerca de 200 foram suspensos - aguardando-se uma investigação minuciosa sobre o uso indevido de dados. Onde encontrarmos evidências de que esses ou outros aplicativos fizeram uso indevido de dados, proibiremos e notificaremos as pessoas por meio deste site . Ele mostrará às pessoas se elas ou seus amigos instalaram um aplicativo que usou dados incorretamente antes de 2015." 

Por fim, Archibong completa informando que o número de aplicativos banidos deve subir, até todos eles serem ivestigados, um a um, e isso tomará algum tempo. Até lá, eles prometem publicar as atualizações sobre o progresso desse trabalho para manter os usuários por dentro das atividades da rede social. 

Leia também:

Fontes: Cnet e Newsroom.fb

Comentários
Carregar comentários
  • PARTICIPE DA NEWSLETTER

    As novidades de tech no seu
    e-mail, inscreva-se grátis ;)