Oficina da Net Logo

Steve Wozniak critica modelo de negócios do Facebook e diz que está de saída da rede social

Co-fundador da Apple critica modelo de negócios do Facebook utilizando anúncios e informa que seria preferível pagar pelo serviço do que ter seus dados expostos.

Por | @fsbeling Facebook

Em entrevista, o co-fundador da Apple, Steve Wozniak, informou que está de saída do Facebook. Isso mesmo, após as diversas denúncias de mal-uso de dados, Woz, como é chamado, disse que optou por não utilizar mais a rede social pertencente a Mark Zuckerberg.

Wozniak ressaltou durante entrevista concedida ao USA Today “Usuários dão todos os detalhes de suas vidas ao Facebook e… o Facebook faz um monte de dinheiro de anúncios com isso”.

Tim Cook, atual CEO da Apple foi quem abordou este modelo de negócios com base em anúncios, dizendo que “A Apple poderia fazer muito dinheiro se fizesse dos consumidores seus [produtos]”, em entrevista ao site Recorde e à rede de TV MSNBC. Rebatendo, Zuckerberg disse que essa ideia é como a síndrome de Estocolmo, trazendo menos acesso à tecnologia para população mais carente, assim como acarretando em atrasos no desenvolvimento, por conta de patentes e royalties pesados sobre registro de inovações.

Steve WozniakSteve Wozniak

Wozniak disse que se sentiria mais a vontade se tivesse que pagar pelo Facebook ao invés de ter suas informações pessoais utilizadas para fins comerciais. “A Apple faz dinheiro a partir de bons produtos, não a partir de você. É como eles dizem, com o Facebook, você é o produto”.

Atualmente, a estimativa é de que 87 milhões de usuários tenham tido seus dados usados pela Cambridge Analytica. Contudo, o Facebook revelou que os dados de praticamente 2 bilhões de usuários podem ter sido acessados e raspados, nome atribuído ao processo de obtenção de informações com base em dados brutos.

Dica: Veja como saber se os seus dados do Facebook vazaram para a Cambridge Analytica.

Porém, essa prática não sairá impune, Mark Zuckerbeg terá que se explicar aos parlamentares dos Estados Unidos. A partir desta segunda-feira (09), o Facebook também vai começar a comunicar os usuários que tiveram seus dados informados a Cambridge Analytica.

Desta forma, executivos da Apple aproveitam o momento para enfatizar que tal prática jamais acontecerá na empresa, pelo fato de que a companhia não monetiza seus usuários, mas sim, seus produtos.

SHARE
Últimas em Wozniack
    + Notícias
      Assine a nossa newsletter
      Comentários