Oficina da Net Logo

Teste que mostra como seria sua aparência do gênero oposto pode ter outros interesses

Teste do sexo oposto pode coletar seus dados para informar a terceiros.

Por | @fsbeling Facebook Pular para comentários

Se você utiliza o Facebook já deve ter se deparado diversas vezes com testes com base no perfil das pessoas, um destes testes que vem sendo bastante compartilhado é o que demonstra como a pessoa seria se fosse do gênero oposto. Contudo, o site em questão estaria aproveitando para tirar vantagens dos usuários que realizam os testes.

Isso mesmo, na segunda-feira (19), o site Olhar Digital informou que o endereço que realiza os testes supostamente estaria coletando os dados dos usuários para repassar a terceiros. Desta forma, ao o usuário autorizar o acesso irrestrito ao aplicativo, fica sujeito a ter suas informações pessoais repassadas podendo ser utilizadas para fins comerciais.

Teste do sexo oposto pode coletar seus dados para passar a terceirosTeste do sexo oposto pode coletar seus dados para passar a terceiros

A política de privacidade do aplicativo contém trechos suspeitos, veja abaixo: Leia em destaque: Como baixar vídeos do Facebook sem programas [ATUALIZADO 2018].

“Nós podemos compartilhar informações agregadas dos nossos usuários, após excluir as partes identificáiveis, com determinadas empresas que tiverem o interesse em oferecer a você certos conteúdos promocionais que possamos achar relevantes para você”.

“Nós podemos compartilhar suas informações pessoais parcial ou integralmente com nossas subsidiárias, outros sites operados por nós, joint ventures e outros afiliados confiáveis que nós temos ou possamos vir a ter no futuro”.

“De acordo com o nosso Termo de Serviços, podemos usar o conteúdo enviado por você (incluindo suas fotos e de outras pessoas vinculadas à sua conta no Facebook) para aparecer como parte integral de partes dos serviços que oferecemos (por exemplo, sua foto pode aparecer em alguns quizzes ou games até mesmo para pessoas que você não conheça).

 

Leia também:

Caso você tenha realizado o teste e concedido o acesso, acesse suas configurações de privacidade e faça a remoção de todas as permissões concedidas ao aplicativo. Contudo, mesmo assim, não se pode ter absoluta certeza de que a companhia não tenha guardado os dados em um sistema.

MAIS SOBRE: #Facebook  #redesocial  #aplicativos  #apps
Comentários