Facebook pode estar discriminando pessoas mais velhas

Ferramenta pode estar segmento vagas de empregos: pessoas mais velhas ficam de fora.

Por | @oficinadanet Facebook

A rede social de Mark Zuckerberg é a mais usada no mundo todo, por conta disso, acaba sendo bastante visada, e muitos problemas referentes a ela acabam sendo encontrados.

A ProPublica, uma agência de jornalismo investigativo, já vem mostrando há tempos o quanto a rede social demora para sanar alguns problemas dentro da plataforma.

A novidade é que a agência, em parceria com o jornal The New York Times mostrou que muitas das grandes corporações, como por exemplo, a Verizon, Amazon, Goldman Sachs e também o Facebook estavam usando uma ferramenta de anúncios segmentados para ofertar vagas de trabalho somente para os amis jovens.

Facebook pode estar discriminando pessoas mais velhas.Facebook pode estar discriminando pessoas mais velhas.

Leia também:

Tal ferramenta acaba excluindo os anúncios de emprego de algumas pessoas como se nunca tivesse sido postado na rede social. Um exemplo disso é quando a Verizon estava procurando pessoas para trabalhar com planejamento financeiro, porém, o anúncio aparecia somente para pessoas que possuíam idade entre 25 e 36 anos.

A ferramenta do Facebook, segundo a ProPublica, juntamente com a conduta das empresas que postam os anúncios acaba ferindo uma lei dos Estados Unidos que foi elaborada em 1967 que proíbe a discriminação por idade.

O Facebook acabou comentando o assunto:

 disse o vice-presidente de anúncios, Rob Goldman.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários