Em testes, Facebook remove todas as páginas do feed principal

Novidade não teria deixado nada contentes os anunciantes.

Por | @oficinadanet Facebook

Na semana passada, o Facebook acionou o Feed de Exploração, porém, usuários da rede social do Sri Lanka, Bolívia, Eslováquia, sérvia, Guatemala e Camboja acabaram recebendo uma versão diferente do recurso.

A companhia de Mark Zuckerberg selecionou os seis países para a realização de um teste que, acabou se tornando público através de um jornalista esloveno chamado Filip Struhárik. No entanto, após a revelação, imprensa e marcas que usam o Facebook como meio de divulgação acabaram ficando surpresas com a notícia.

Em testes, Facebook remove todas as páginas do feed principal.feed principal." src="https://www.oficinadanet.com.br/imagens/post/20608/facebook.jpg" alt="Em testes, Facebook remove todas as páginas do feed principal." />Em testes, Facebook remove todas as páginas do feed principal.

Leia também:

No Brasil, o Feed Exploração é direcionado para descobrir conteúdo de quem o usuário segue, porém, naqueles países o Facebook passou a usar o espaço como único meio de exposição corporativa. Isso quer dizer que o feed principal ficou reservado para posts de pessoas conhecidas, e no Exploração para o restante, ou seja, as páginas.

Como mudança, “páginas estão vendo quedas dramáticas em alcance orgânico”, disse Struhárik. "O alcance de várias páginas do Facebook questionadas caiu na quinta e na sexta-feira em dois terços quando comparado com dias anteriores."

Vários veículos especializados internacionais repercutiram o caso, o que fez com que o Facebook acabasse se pronunciando. “Sempre escutamos nossa comunidade sobre como podemos melhorar a News Feed”, disse o diretor responsável pela área, Adam Mosseri.

"As pessoas nos dizem que querem uma forma mais fácil de ver posts de amigos e família. Estamos testando ter um espaço dedicado para que as pessoas possam manter contato com seus amigos e familiares, e outro espaço separado, chamado Exploração, com posts de páginas."

Mosseri disse que não há planos de expandir os planos globalmente por enquanto, e ainda revelou que a empresa estudava meios para encontrar uma solução para o problema apontado pelos usuários.

"O objetivo desse teste é entender se as pessoas preferem ter espaços separados para conteúdo pessoal e público", explicou. "Vamos ouvir o que as pessoas dizem sobre a experiência para entender se é uma ideia que vale a pena seguir adiante."

Mais sobre: feed facebook testes
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo