Asteróide FT3 em Outubro vai passar "meio longe" da Terra

O Asteroide FT3 passará por perto da Terra no dia 3 de outubro. Medindo aproximadamente 340 metros de diâmetro, ele pesa incríveis 55 bilhões de toneladas, e um eventual impacto seria devastador.

Por Ciência 7 comentários
Asteróide FT3 em Outubro vai passar

O alerta para um possível impacto de um asteróide de peso gigantesco que deve passar no mês de outubro bem perto do nosso planeta. Se o asteroide FT3 desviar de sua órbita e rumar em direção à Terra, o resultado seria devastador. Portanto, a agência espacial está monitorando o corpo celeste de grande poder destrutivo, que de acordo com os rastreadores da NASA, é equivalente ao cataclismo que produziria cerca de 2700 toneladas de TNT explosivo.

A NASA revelou que o Asteroid FT3 está pronto para marcar a primeira das 165 aproximações entre 2019 e 2116 no dia 3 de outubro deste ano. Depois deste 3 de outubro, o FT3 passará novamente próximo à Terra em 2 de outubro de 2024, em 3 de outubro de 2025 e em 2 de outubro de 2029. Mas acalme-se, pois de acordo com a Nasa, a possibilidade de colisão do asteroide com a Terra é de uma em 11 bilhões. 

Caminho do asteróide que ameaça a Terra, de acordo com a NASACaminho do asteróide que ameaça a Terra, de acordo com a NASA

 

Dimensões do Asteroide FT3

Deve-se notar que o Asteroid FT3 mede apenas 340m de diâmetro, mas seu peso tem medidas astronômicas: São cerca de 55 milhões de toneladas.

De acordo com um relatório em express.co.uk, se o asteroide atingisse a Terra, a rocha atingiria o planeta a 20,37 km por segundo, ou mais de 45.500 km/h. A força do impacto provavelmente seria igual a 2.700 megatons de TNT, ou 2,7 milhões de toneladas de TNT.

O asteroide FT3 é uma rocha espacial do tipo Apollo, o que significa que segue uma órbita semelhante ao asteroide 1862 Apollo. A NASA havia descoberto a rocha gigantesca em 20 de março de 2007, e desde então confirmou a órbita do FT3 com base em 14 observações.

Mais sobre: ciencia, nasa, Terra, espaço
Compartilhe com seus amigos:
Priscilla Kinast
Priscilla Kinast Estudante de Ciência e Tecnologia na UFRGS - Universidade Federal do RS, apaixonada por inovações tecnológicas, mistérios da ciência, bem como filmes e séries de ficção científica
FACEBOOK // INSTAGRAM: @priscillakinast // TWITTER: @prkinast
Quer conversar com o(a) Priscilla, comente:
Minha foto
  • Minha foto
    Bianca Tal Rogers Sanches    •    3 meses

    Errei meu nome pois estava pensando no nome do namorado mas explicações a parte: é isso, vamos orar, pedir que tudo dê certo, pedir por toda a humanidade pois já passamospor várias datas de fim de mundo essa vai ser mais uma 3 de outubro de 2019.Faz tempo que vemos catástrofes e a terra não acabou.????????????????

  • Minha foto
    Bianca Tal Rogers Sanches    •    3 meses

    Meu nome é Kim Almeida e não acredito que em outubro vá acontecer alguma coisa,se acontecer quem teve boas ações e sempre andou com Deus vai em paz, espero que eu e todos estejam dormindo pois é quando o espírito está um pouco desligado do corpo e nossa morte possa ser menos dolorosa.

  • Minha foto
    Rychillie Umpierre de Oliveira    •    3 meses

    Meu aniversário é no dia 3 de outubro, esse seria com certeza o melhor presente de aniversário que eu poderia receber

  • Minha foto
    Marcio Oliveira    •    3 meses

    E mais fácil você ganhar na mega sena varias vezes pelas as possibilidades, então amigo, vai ficar sem presente.

  • Minha foto
    Rafaela Lins    •    3 meses

    kkkkkkkkkkkkkk
    boa

  • Minha foto
    Rlocatelli    •    3 meses

    Nosso planeta é habitado por milhões de espécies animais e vegetais. Você não acha que é muito egoísmo desejar a destruição da Terra, como se ela fosse uma propriedade dos seres humanos? As demais espécies que habitam o planeta não têm nenhuma culpa pelas nossas loucuras.

  • Minha foto
    Wilson Gonçalves    •    3 meses

    Depois deste 3 de outubro, o FT3 passará novamente próximo à Terra em 2 de outubro de 2024, em 3 de outubro de 2025 e em 2 de outubro de 2029. Mas acalme-se, pois de acordo com a Nasa, a possibilidade de colisão do asteroide com a Terra é de uma em 11 bilhões.

Últimas notícias