Oficina da Net Logo

CERN vai construir acelerador de partículas FCC, de 100Km de diâmetro

O atual colisor de partículas, LHC, parece não estar conseguindo novas descobertas. Os cientistas desejam criar um 4x maior para evidenciar novidades sobre o universo.

Por | @nmuller99 Ciência Pular para comentários

Lembra do Colisor de Hárdrons, o LHC, também conhecido como acelerador de partículas? Pois bem, o CERN, Organização Européia de Pesquisa Nuclear, divulgou que pretendem lançar um novo colisor. Chamado de Future Circular Collider (FCC) ou em português, Colisor Circular do Futuro. Esse novo colisor promete alcançar ainda mais informações sobre “como tudo foi feito”, e pasme, o antigo (LHC) tem 27Km de diâmetro, o FCC terá 100Km.

Em funcionamento desde 2008, o LHC já provou ser útil, a sua maior façanha foi detectar o famoso Bóson de Higgs. É com base nas pesquisas atuais e descobertas já feitas com o LHC que cientistas estão em busca de mais, ampliando a capacidade de operar de 13 para 100 TeV (elétronvolts), 7,6 vezes a capacidade atual.

Diferença entre o LHC e FCCDiferença entre o LHC e FCC

Alguns pesquisadores estão céticos quanto a necessidade de criação de um novo colisor, segundo eles, não é garantido que novos resultados vão surgir somente pela maior capacidade em colisão.

O projeto custará 15 bilhões de Euros, e se aprovado, deve ficar pronto até final de 2050.

Assista ao nosso último vídeo: