Oficina da Net Logo

Asteroides gêmeos são vistos passando perto do nosso planeta

Durante as observações foram reveladas duas massas, porém, a orientação do asteroide não permitia aos cientistas verem se os dois corpos estavam separados ou unidos.

Por | @oficinadanet Ciência

O Marrocos Oukaimeden Sky Survey detectou um asteroide com trajetória próxima da Terra em 2017. Mesmo com a descoberta, pouco ainda se sabia sobre o objeto espacial. O único detalhe dava conta que no dia 21 de junho de 2018, o asteroide estaria no ponto mais próximo de nosso planeta, a cerca de 6 milhões de quilômetros, o equivalente a 16 vezes a distância da Lua.

Nomeado de Near-Earth 2017 YE5, ele aparecerá tão próximo do nosso planeta somente daqui 170 anos. Deste modo, os astrônomos aproveitaram a oportunidade para conhecer mais sobre o objeto. Em 21 e 22 de junho, as observações por radar Sistema Solar Goldstone da Nasa (GSSR), na Califórnia, revelaram os primeiros sinais de que o 2017 YES poderia se tratar de não somente um objeto, mas sim dois deles.

Asteroides gêmeos são vistos passando perto do nosso planeta.Asteroides gêmeos são vistos passando perto do nosso planeta.

Leia também:

Durante as observações foram reveladas duas massas, porém, a orientação do asteroide  não permitia aos cientistas verem se os dois corpos estavam separados ou unidos. A situação mudou até que os dois objetos giraram para expor uma lacuna distinta entre eles.

As observações feitas entre os dias 21 e 26 de junho mostraram que os dois objetos possuem aproximadamente 900 metros de comprimento e giram em torno um do outro entre 20 a 24 horas. As imagens coletadas pelo radar mostram que as duas rochas não são capazes de refletir tanta luz solar quanto um asteroide rochoso comum. Deste modo, acredita-se que o 2017 YE5 seja tão escuro quanto o carvão.

A descoberta do asteroide duplo fornece a oportunidade para que os cientistas possam melhorar o entendimento dos diferentes tipos de asteroides binários  e com isso estudar os mecanismos de sua formação. Sistemas de asteroides com massa semelhante como o 2017 YE5 são bastante raros. Até então, somente quatro deles foram descobertos.

SHARE
+ Notícias
Assine a nossa newsletter
Comentários
Canal no Youtube!

Inscreva-se em nosso canal no Youtube!

INSCREVA-SE e ative o sininho