Empreendedorismo: Análise PEST

Voltando aos conceitos básicos, já discutimos sobre marketing, estratégia, negociação, globalização, SWOT e hoje iremos discorrer sobre a análise PEST.

Por | @oficinadanet Empreendedorismo
Voltando aos conceitos básicos, já discutimos sobre marketing, estratégia, negociação, globalização, SWOT e hoje iremos discorrer sobre a análise PEST.

Uma boa fonte de informação para obter dados para o desenvolvimento da análise PEST é o site do Banco Mundial chamado “Doing Business”.

A análise PEST (Political and Legal Aspects, Economic, Social and Technological Aspects) tem por objetivo o estudo e a avaliação das variáveis do ambiente externo onde a empresa funciona ou funcionará.

O “P” do PEST (Political and Legal Aspects)


Para definir a estratégia da empresa é preciso ter conhecimento dos aspectos políticos e legais do ambiente onde ela atuará. Para tal, pontos como: estrutura e política de cobrança dos impostos e taxas, leis do trabalho, estabilidade política, regulamentações ambientais, eficiência e eficácia do sistema jurídico, restrições tarifárias ao comércio exterior, incentivos fiscais, níveis de corrupção, marcos regulatórios, entre outros, devem ser analisados.

O “E” do PEST (Economic Aspects)


A estabilidade econômica é um ponto fundamental para que se possam desenvolver cenários e estratégias realistas e exeqüíveis. Alguns pontos a observar são: a estabilidade econômica, o crescimento econômico, as taxas de juros e a oferta de capital, as taxas de inflação, as taxas de câmbios com as principais moedas, entre outros.

Nesta análise cabe notar que não só os números estáticos são importantes, mas também as tendências, isto é, a análise no tempo das variações (diferenças/bandas), estabilidade, e tendência destes números.

O “S” do PEST (Social-cultural Aspects)


A sociedade e a cultural local têm grande influência na condução e no desenvolvimento dos negócios, logo, a sua análise também é essencial. Diferentes sociedades têm diferentes modos de desenvolver os negócios.

Não confundir a última sentença do parágrafo anterior com Ética, integridade e honestidade, pois estas são universais e independem da regionalização. Em outros artigos discorremos largamente e incisivamente sobre essa “pseudo-confusão” para justificar práticas condenáveis, principalmente nos países em desenvolvimento e nos países pobres.

Os aspectos sociais podem abranger: a taxa de crescimento da população, a distribuição da idade, o comportamento do consumidor, aspectos religiosos, culturais e educacionais, etc.

O “T” do PEST (Technological Aspects)


Hoje, um fator fundamental é a perspectiva tecnológica em qualquer ramo de negócio.Por mais independente que seja da tecnologia, o cerne do negócio, no mínimo, por exemplo, dependerá da infra-estrutura de telecomunicações para utilizar um telefone. Isto, sem mencionar o acesso à Internet e às suas ferramentas disponíveis, livres e sem custo. Logo, o aspecto tecnológico é importante.

Então, alguns fatores tecnológicos a considerar, dependendo do tipo de negócio, poderiam ser: canais de distribuição e comunicação, incentivos ao desenvolvimento ou utilização de tecnologia, automação, barreiras de entrada a novos competidores, níveis de produção local, estrutura local para terceirização, taxa de atualização tecnológica ou estágio local de nível tecnológico, questões ligadas à responsabilidade ambiental, etc.

Uma análise correlata poderia ser a das cinco forças de Porter, mas isto será para um próximo artigo.

Mais sobre: pest empreendedorismo
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo