Apple desativa o FaceTime após a descoberta do bug de espionagem

FaceTime está temporariamente indisponível. Apple diz que o problema será solucionado no final de semana. Pelo Twitter, usuários dos dispositivos da Apple informam sobre o bug.

Por Apple Pular para comentários
Apple desativa o FaceTime após a descoberta do bug de espionagem

Um bug, recentemente descoberto do FaceTime, pode representar um problema de espionagem, o qual a Apple diz que vai ter uma correção no final desta semana. O bug permite que os usuários do iPhone chamem outro dispositivo através do serviço de bate-papo por vídeo do FaceTime e ouça o áudio do outro lado antes que o destinatário tenha atendido a chamada.

Com isso, qualquer iPhone pode se transformar em uma escuta sem o conhecimento do usuário. Isso representa uma grande preocupação de segurança para a Apple em um momento de maior sensibilidade às ameaças de segurança cibernética. 

O bug foi relatado pelo 9to5Mac e também pela CNET. O 9to5Mac também confirmou que foi capaz de replicar o bug ao fazer uma chamada do FaceTime para um Mac.

O bug no FaceTime foi identificado da seguinte maneira pela CNET: Depois de iniciar uma sessão do FaceTime com um usuário do iPhone, para adicionar outro usuário à chamada, então deslize para cima a partir da parte inferior da tela e adicione seu próprio número de telefone. Enquanto o telefone ainda estiver tocando, seria possível ouvir o áudio do telefone do destinatário, mesmo que essa pessoa não tenha aceitado a chamada. 

O Verge notou que, se o destinatário rejeitar a chamada pressionando o botão liga / desliga, o vídeo também será transmitido do telefone dessa pessoa. A CNET recriou isso, obtendo um segundo ou dois de vídeo do telefone do destinatário antes que a chamada fosse desconectada.

Apple

Em uma declaração à CNET na segunda-feira, um porta-voz da Apple disse: "Estamos cientes desse problema e identificamos uma correção que será lançada em uma atualização de software no final desta semana". 

Mais tarde, segunda-feira, a página de status do sistema da Apple foi atualizada para mostrar o Group FaceTime como "temporariamente indisponível". Não sendo mais possível recriar o bug depois disso, o que sugere que o problema foi resolvido até que a atualização do software possa ser liberada. 

A Apple lançou o Group FaceTime aos usuários no final de outubro com o lançamento do iOS 12.1. O recurso permite que até 32 pessoas participem de um bate-papo por vídeo ao mesmo tempo. 

Notícias da vulnerabilidade repercutiram no Twitter. O escritor de tecnologia Andy Baio, por exemplo, twittou para avisar os usuários do iPhone. 

"Eu não sei sobre você, mas estou desabilitando o FaceTime no meu Mac e iPhone até que isso seja resolvido", escreveu ele.

A veterana de engenharia Erica Baker também expressou preocupação com o problema. 

"Esse bug também está no MacOS, então praticamente todo laptop Mac em todos os ambientes é um microfone quente agora", ela twittou. 

Como o repórter do 9to5Mac, Bejamin Mayo, também observou, as chamadas do FaceTime para um Mac têm o potencial de tocar (e, portanto, compartilhar áudio) por muito mais tempo.

Fonte: CNET

Mais sobre: Apple, FaceTime, iPhones
Compartilhe com seus amigos:
Fernanda Beling
Fernanda Beling Administradora, apaixonada por tecnologia. Amante de livros, séries e filmes.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @fsbeling // TWITTER: @fsbeling
Quer conversar com o(a) Fernanda, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias