AMD revela segunda geração de processadores móveis AMD Ryzen Pro

Os sistemas comerciais da HP e da Lenovo devem surgir neste trimestre com outros OEMs ainda outras atualizações de plataformas que estão previstas para 2019.

Por AMD Pular para comentários

A AMD revelou seus mais recentes processadores Pro: Gen AMD Ryzen Pro. A ideia é fornecer aos usuários de notebooks comerciais desempenho com eficiência de energia, recursos de segurança de última geração e confiabilidade de gerenciamento de nível comercial. Os novos processadores permitem que fabricantes de PCs possam criar uma grande variedade de sistema empresariais, incluindo notebooks profissionais premium e até cadernos de produtividade. Os sistemas comerciais da HP e da Lenovo devem surgir neste trimestre com outros OEMs  ainda outras atualizações de plataformas que estão previstas para 2019.

"Os usuários modernos de PC esperam que a experiência entre profissional e pessoal seja imperceptível, e os usuários de notebooks querem utilizar os mais modernos recursos, incluindo modelagem 3D, edição de vídeo, configurações de vários monitores e multitarefa, para obter mais resultados",  disse Saeid Moshkelani, vice-presidente sênior e gerente geral da Client Compute. "Com os processadores móveis AMD Ryzen PRO e Athlon PRO, a AMD oferece o desempenho, recursos e opções adequados para OEMs e usuários comerciais, combinados com a produtividade, a proteção e os recursos profissionais necessários para garantir uma implantação perfeita em toda a organização."

AMD revela segunda geração de processadores móveis AMD Ryzen Pro.AMD revela segunda geração de processadores móveis AMD Ryzen Pro.

A nova linha da AMD inclui o AMD Ryzen 7 Pro 3700U, que conta com quatro núcleos, oito threads e funciona a 4 GHz com 15 watts de potência e placa Radeon Vega 10; o AMD Ryzen 5 Pro 3500U, possui quatro núcleos, oito threads e roda a 3,7 GHz em 15 watts e placa Radeon Vega 8; o AMD Ryzen 3 Pro 3300U, que tem quatro núcleos, quatro threads e opera a 3,5 GHz em 15 watts com placa Radeon Vega 6; e o AMD Athlon Pro 300U, que tem dois núcleos, quatro threads e opera a 3,3 GHz em 15 watts com a placa Radeon Vega 3.

De acordo com Tjong, os novos chips da AMD superam de modo drástico a geração anterior. Segundo a AMD, os novos chips são capazes de alimentar laptops com 12 horas de duração da bateria ou 10 horas durante a reprodução de vídeos.

Mais sobre: processadores, ryzen
Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(14,86%)
10(56,19%)
15(11,76%)
20(9,29%)
26(7,89%)