AMD revela segunda geração de processadores móveis AMD Ryzen Pro

Os sistemas comerciais da HP e da Lenovo devem surgir neste trimestre com outros OEMs ainda outras atualizações de plataformas que estão previstas para 2019.

Por AMD Pular para comentários
AMD revela segunda geração de processadores móveis AMD Ryzen Pro

A AMD revelou seus mais recentes processadores Pro: Gen AMD Ryzen Pro. A ideia é fornecer aos usuários de notebooks comerciais desempenho com eficiência de energia, recursos de segurança de última geração e confiabilidade de gerenciamento de nível comercial. Os novos processadores permitem que fabricantes de PCs possam criar uma grande variedade de sistema empresariais, incluindo notebooks profissionais premium e até cadernos de produtividade. Os sistemas comerciais da HP e da Lenovo devem surgir neste trimestre com outros OEMs  ainda outras atualizações de plataformas que estão previstas para 2019.

"Os usuários modernos de PC esperam que a experiência entre profissional e pessoal seja imperceptível, e os usuários de notebooks querem utilizar os mais modernos recursos, incluindo modelagem 3D, edição de vídeo, configurações de vários monitores e multitarefa, para obter mais resultados",  disse Saeid Moshkelani, vice-presidente sênior e gerente geral da Client Compute. "Com os processadores móveis AMD Ryzen PRO e Athlon PRO, a AMD oferece o desempenho, recursos e opções adequados para OEMs e usuários comerciais, combinados com a produtividade, a proteção e os recursos profissionais necessários para garantir uma implantação perfeita em toda a organização."

AMD revela segunda geração de processadores móveis AMD Ryzen Pro.AMD revela segunda geração de processadores móveis AMD Ryzen Pro.

A nova linha da AMD inclui o AMD Ryzen 7 Pro 3700U, que conta com quatro núcleos, oito threads e funciona a 4 GHz com 15 watts de potência e placa Radeon Vega 10; o AMD Ryzen 5 Pro 3500U, possui quatro núcleos, oito threads e roda a 3,7 GHz em 15 watts e placa Radeon Vega 8; o AMD Ryzen 3 Pro 3300U, que tem quatro núcleos, quatro threads e opera a 3,5 GHz em 15 watts com placa Radeon Vega 6; e o AMD Athlon Pro 300U, que tem dois núcleos, quatro threads e opera a 3,3 GHz em 15 watts com a placa Radeon Vega 3.

De acordo com Tjong, os novos chips da AMD superam de modo drástico a geração anterior. Segundo a AMD, os novos chips são capazes de alimentar laptops com 12 horas de duração da bateria ou 10 horas durante a reprodução de vídeos.

Compartilhe com seus amigos:
Mais sobre: processadores, ryzen
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de AMD