O WhatsApp e a OMS desenvolveram em conjunto um pacote de figurinhas para o aplicativo de mensagens instantâneas com a temática "Juntos em casa". Ou seja, são emoticons ligados aos novos hábitos durante a pandemia de coronavírus em todo o mundo, representando e incentivando o distanciamento social com um estilo alegre, leve e por vezes cômicas.

Dentre as figurinhas, há referências ao ato de lavar as mãos, chamadas de vídeo e trabalho home office. Há homenagens também aos profissionais de saúde, com um médico caracterizado de herói.

O WhatsApp afirmou em comunicado que as figurinhas têm o intuito de serem divertidas e também educacionais, sendo universais e aplicáveis em todas as idades, idiomas e culturas. Há um total de dez línguas nas quais essas figurinhas foram disponibilizadas, o português, alemão, árabe, espanhol, francês, indonésio, inglês, italiano, russo e turco.

Para baixar o novo pacote é muito simples, ele está adicionado no próprio acervo de figurinhas do WhatsApp, porém seu app deve estar atualizado para que o pacote apareça para o download.

Ao clicar no ícone de "emoticons" e selecionar a guia de "figurinhas", há uma opção "+", pela qual você busca e adiciona pacotes de figurinhas. Ali está o pacote "Juntos em casa", basta clicar em cima dele e selecionar "baixar".

Esse tipo de campanha atinge todas as idades e traz um pouco de leveza ao lidar com um assunto preocupante como o COVID-19. Somente no Brasil, já foram registrados mais de 44 mil casos confirmados e 2.808 mortes, segundo dados da Organização Mundial de Saúde que agrega estatísticas de múltiplas fontes internacionais para atualizar diariamente seu banco de dados. No Brasil, registramos em média 2 mil novos casos por dia nesse mês de abril e se espera que o verdadeiro pico da pandemia ainda venha a ocorrer em maio por aqui.

Por isso, é sempre necessário lembrar de usar máscaras, evitar sair de casa o máximo possível e higienizar com frequência às mãos. As recomendações da OMS também implicam em manter uma distância de 2m entre cada indivíduo e não manter contato físico.