Privacidade: Smart TVs também compartilham dados do usuário com Netflix e Facebook

As Smart TVs estão permitindo o acesso a dados sensíveis de usuários por empresas como Netflix, Google e Facebook, revelaram dois estudos.

Por Smart TVs Pular para comentários
Privacidade: Smart TVs também compartilham dados do usuário com Netflix e Facebook

Pesquisadores da Northeastern University e Imperial College London descobriram que as Smart TVs fabricadas pela Samsung e LG, entre outras, estavam compartilhando informações como localização e endereço IP para a Netflix e outras empresas.

De acordo com o Financial Times, os dados estavam sendo transmitidos, independentemente de o usuário ter ou não uma conta Netflix.

As descobertas podem levantar preocupações sobre privacidade de dados mais uma vez e levar à regulamentação de dispositivos inteligentes que estão invadindo a privacidade doméstica.

O estudo da Northeastern University constatou que Amazon, Google, Akamai e Microsoft eram as empresas mais frequentemente contatadas.

Smart TVs também vazam dados informações sensíveis de usuários para criação de anúncios personalizadosSmart TVs também vazam dados com informações sensíveis de usuários para criação de anúncios personalizados

Essas empresas podem coletar informações sobre os concorrentes, a localização das pessoas e o que estão usando e até o que estão interagindo. Eles poderiam até saber quando a pessoa está fora da casa.

De acordo com o Financial Times, a Netflix afirmou: "As informações que a Netflix recebe das Smart TVs que não estão conectadas estão restritas ao desempenho e aparência da Netflix na tela. Não recebemos nenhuma informação sobre outros aplicativos ou atividades das Smart TVs."

O Google informou que "como outros editores, os desenvolvedores de aplicativos de Smart TVs podem usar os serviços de anúncios do Google para exibir anúncios em relação ao seu conteúdo ou medir o desempenho dos anúncios. Dependendo das preferências escolhidas pelo usuário no dispositivo e consentimentos, o editor pode compartilhar dados com o Google semelhantes aos dados captados em anúncios em aplicativos ou na Web."

"Dependendo do fabricante do dispositivo ou do proprietário do aplicativo, os dados enviados ao Google podem incluir a localização do usuário, o tipo de dispositivo e o que o usuário está assistindo em um aplicativo específico, para que possam ser segmentados com publicidade personalizada".

Ou seja, não há como contestar já que o Google entrega publicidade sensível às preferências de seus usuários.

O que parei para pensar é, se as Smart TVs, assim como os smartphones captam informações pessoais e de localização diariamente, imagina então as TVBoxes que em praticamente 95% das vezes, vem importadas da China.

A preocupação é crescente quando falamos sobre privacidade e segurança. Mas já está mais do que claro, que estamos cada vez mais vulneráveis ao utilizar qualquer dispositivo conectado à internet e a única possibilidade de nos livrarmos desse sentimento é simplesmente não utilizar, que é a única forma real de proteção.

Falamos sobre privacidade no ONCast #39. Não deixe de ouvir, ou assistir em nosso canal no Youtube.

Compartilhe com seus amigos:
Bernardo Silva
Bernardo Silva Louco por tecnologia, amo velocidade e sou apaixonado por comida.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @androidplaceblog // TWITTER: @bgssilva
Quer conversar com o(a) Bernardo, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias