Oficina da Net Logo

5 razões pelas quais o Android é mais popular que o iPhone

Afinal, qual você prefere? Android ou iOS? Independente de qual o melhor sistema operacional móvel do mundo, um fato é inegável: O Android é muito mais popular do que o iOS. Mas porque isso?

Por | @oficinadanet Sistemas Operacionais Pular para comentários

Embora a Apple tenha sido pioneira em desenvolver o modelo de smartphone touchscreen moderno que conhecemos, a fatia de mercado do iPhone caiu drasticamente desde o seu lançamento. Em 2010, o Android superou o iOS em participação de mercado, tornando-se o sistema operacional móvel mais popular do mundo. E o título é do Android até hoje.

Enquanto as polêmicas sobre qual sistema operacional é melhor parecem ser eternas, não há como negar o Android é o mais popular, já que o sistema operacional do Google mantém mais de 80% da participação no mercado global de dispositivos móveis. Mas por que o Android é mais popular que o iOS?

Conheça as cinco principais razões que contribuem para a popularidade do Android e sua adoção generalizada.

1. Mais fabricantes de smartphones usam o Android

Um grande contribuinte para a popularidade do Android é o fato de que muito mais fabricantes de smartphones e dispositivos o usam como sistema operacional para seus dispositivos. Em contraste, o iOS é limitado apenas aos iPhones e iPads fabricados pela Apple.

Então, por que tantos fabricantes usam o Android? Em 2007, o Google e várias operadoras de telefonia móvel, empresas de software e empresas de hardware lançaram a Open Handset Alliance (OHA) para competir com o lançamento do iPhone. Esta aliança estabeleceu o Android como sua plataforma móvel livre, concedendo uma licença de código aberto aos fabricantes.

Essa aliança significou que, quando outros sistemas operacionais mais antigos foram desativados (como windows phone e Blackbarry), a maioria dos fabricantes optou por mudar para o Android. Isso aumentou significativamente sua participação no mercado global.

Além disso, marcas regionais e novos fabricantes de startups também adotaram o sistema operacional. O boom na demanda dos mercados chineses e indianos por smartphones fez com que o uso do Android pelas empresas locais aumentasse sua participação global no mercado.

Alguns outros sistemas operacionais móveis continuaram tentando competir com o Android e o iOS. No entanto, quando essas empresas não conseguiram conquistar uma posição significativa no mercado, suas marcas de smartphone também migraram para o Android.

2. Dispositivos Android abrangem todas as faixas de preço

Outro motivo importante pelo qual o Android é mais popular que o iOS é devido à faixa de preço variado dos dispositivos com o sistema operacional. Isto é particularmente importante para países com economias em desenvolvimento (como o Brasil), e uma taxa de câmbio do dólar fraca, onde até mesmo o smartphone mais acessível da Apple ainda está fora do orçamento da maioria das pessoas.

Nesses mercados, o marketing baseado em exclusividade do iPhone não conseguiu competir com os preços significativamente mais baixos dos smartphones Android. De acordo com a StatCounter Global Stats, nos EUA, o iOS detém 57% do mercado de telefonia móvel (dados de fevereiro de 2019). Mas em mercados de países subdesenvolvidos, os números contrastam fortemente.

Confira algumas participações de mercado do iOS em países subdesenvolvidos:

2,8% na Índia

26% na China

15% na África do Sul

15% no Brasil

5% na Nigéria 

Considerando que a Índia e a China, sozinhas, representam cerca de um terço da população mundial, a popularidade do Android nesses países coloca o iOS em grande desvantagem.

3. Android tem maior compatibilidade

Embora a Apple tenha aberto o ecossistema do iOS para incluir alguns dispositivos de terceiros, ainda é uma plataforma móvel relativamente fechada. Já o Android tem um ecossistema muito mais amplo de dispositivos periféricos e portáteis.

Isso significa que você pode ter um smartwatch da Samsung, um alto-falante Google Home e um smartphone OnePlus, e os diferentes dispositivos funcionarão juntos. Além disso, transferir dados e sincronizar dispositivos é muito mais simples.

Esse ecossistema mais amplo atrai usuários que não querem se trancar em determinadas marcas de hardware. Afinal, se você trocar de smartphone, sendo ele um Android, isso não tornará seus dispositivos periféricos incompatíveis. Você também pode continuar usando seus mesmos cabos e acessórios, na maioria dos casos.

Mas isso é diferente para quem tem um iPhone. O ecossistema do iOS simplesmente não oferece a mesma flexibilidade.

4. AI e recursos de software do Android alcançaram

Inicialmente, o Android carecia de algumas das vantagens de software da Apple - mais notavelmente, um assistente virtual como a Siri. No entanto, nos últimos anos, o Android alcançou muitos aspectos, com o Google Assistente e seus excelentes recursos de controle de voz.

Muitos aplicativos que antes eram apenas para iOS também lançaram versões do Android, enquanto o Google introduziu uma inteligência artificial sofisticada para ajudar a automatizar a casa inteligente.

Claro, isso não significa que aplicativos de baixa qualidade não existam no Android. Na verdade, a Google Play Store está repleta de falsos aplicativos. No entanto, as ofertas oficiais do Google e dos principais desenvolvedores de aplicativos aumentaram consideravelmente a qualidade geral do software Android. 

Além disso, o Android se tornou um SO mais sofisticado ao longo do tempo, integrando muitos recursos a cada nova versão e refinando o produto como um todo.

5. Há uma maior variedade de dispositivos Android

Mais fabricantes usando o Android como sistema operacional para seus dispositivos não significa apenas que há um número maior de smartphones e tablets Android. Isso também significa que há uma variedade maior de dispositivos para escolher.

A Apple tem um número definido de modelos de iPhone e iPad, que são lançados a cada ano. Em média, vemos dois a três novos iPhones por ano, e três a quatro iPads. Isso significa que, se um fã da Apple não gostar dos lançamentos de um ano específico, terá que esperar mais um ano por uma nova geração.

Mas os dispositivos Android vêm em uma variedade de fatores de forma, têm recursos específicos do fabricante e são propensos a experimentações mais interessantes. Como o Android tem uma licença de código aberto, os fabricantes têm a liberdade de criar o hardware que desejam.

Isso contrasta com as licenças proprietárias, como a que a Microsoft concedeu aos fabricantes do Windows Phone e do Windows Mobile. Nesse caso, o sistemaoperacional veio com certos requisitos que os fabricantes tinham que manter ao criar hardware.

Mas uma licença de código aberto permite que os fabricantes personalizem seus recursos de produto para seus públicos-alvo específicos. Isso também significa a possibilidade de lançar produtos experimentais e não convencionais.

Um bom exemplo disso é a tendência de smartphone dobrável. Dentro de um mês após o anúncio do Galaxy Fold da Samsung, dois outros concorrentes anunciaram seus próprios dispositivos dobráveis.

Enquanto isso, muitos dispositivos Android foram criados para audiências de nicho, ou para acomodar gostos específicos. De câmeras com cinco lentes a smartphones voltados para jogos, sempre há algo que agrade você quando se trata de dispositivos Android.

Esta variedade de dispositivos Android torna maior a probabilidade dos consumidores encontrem algum dispositivo que se adapte perfeitamente aos seus gostos específicos.

O Android é melhor que o iOS?

Analisamos os motivos que levam o Android a ser o sistema operacional móvel mais popular do mundo. Mas o debate sobre qual é o melhor vai continuar sempre.

Os fãs do Android criticam os altos preços do iPhone e a falta de inovação da Apple. Enquanto isso, os fãs do iPhone criticam os problemas de segurança e o cronograma de atualização fragmentado do Android. Então, a escolha depende muito do que o usuário está procurando em um smartphone.

Assista ao nosso último vídeo: