Gerência: Dicas para tomada de decisões

Gerir uma empresa é se deparar com decisões importantes que podem impactar o futuro dela. Pode parecer estressante, mas com algumas dicas importantes será mais fácil.

Por | @mauriciomello75 Carreira em TI

Gerir uma empresa é se deparar com decisões importantes que podem impactar o futuro dela. Pode parecer estressante, mas com algumas dicas importantes será mais fácil:

  1. Definir a decisão a ser tomada.
    • Esta é a sua decisão ou de outra pessoa?
    • Você realmente precisa tomar uma decisão? (Se você tem dúvida, então não há decisão a ser tomada)
    • Quando a decisão precisa ser executada? 
    • Por que a decisão é importante para você?
  2. Obter informações de outra pessoa.
    • É através de um outro olhar que existam implicações que você não esteja vendo.
  3. Visualizar o resultado de cada alternativa.
  4. Decisão tomada!
    • Preocupar-se ou tentar adivinhar o resultado, somente causará estresse. Lembre-se você fez o melhor e nenhuma decisão é definitiva.

É importante entender que a qualidade de uma decisão não está relacionada com o seu resultado: uma boa decisão pode ter um bom ou um mau resultado. Da mesma forma que uma má decisão ainda pode ter um bom resultado.

Lembre-se de duas abordagens para a tomada de decisão em uma organização: O método autoritário como o executivo toma uma decisão para o grupo e o método onde o grupo decide o que fazer.

Erros comuns na tomada de decisão

É muito fácil ficar estressado quando você tenta aprender coisas novas. Nosso cérebro funciona categorizando informações para que possamos compreender o mundo em torno de nós sem ser engolido por ele. Podemos destacar alguns erros comuns ao tomar alguma decisão:

  1. Confiar demais em informações de pessoas ditas especialistas. Lembre-se que os ditos especialistas são profissionais e possuem seus próprios preconceitos. Ao buscar informações de vários canais, pode-se ter muito mais sucesso do que somente de uma fonte.
  2. Valorizar a informação recebida de outros indivíduos simplesmente porque achamos que eles sabem mais do que nós. Quando acontecer, pergunte-se:
    • Será que ele sabe tanto sobre este problema?
    • Os valores dele são os mesmos que os meus?
    • Ele teve alguma experiência, como a que estou passando?
  3. Subestimar o valor das informações recebidas e percepções totalmente diferentes às suas.
  4. Quando alguém diz algo que não queremos ouvir, simplesmente não ouvimos. Este erro, comum à muitas pessoas, pode ser a chave de seus próprios preconceitos e expectativas, permaneça aberto a informação que vêm até você.

As decisões que você executa se opõe às de outros, portanto podemos dizer que há uma perda de liberdade. Assim como tomar uma decisão provoca uma perda de liberdade, ela também cria novas oportunidades, novas escolhas e novas possibilidades.

Em outras palavras, nossas decisões têm consequências de longo alcance.

Mais sobre: gerência
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar