Fósseis encontrados no Quênia poderiam ser de uma nova espécie de humanos

De acordo com a descoberta de Meave Leakey, o Homo erectus compartilhava um ancestral comum com as novas espécies

Por | @oficinadanet Ciência

De acordo com a descoberta de Meave Leakey, o Homo erectus compartilhava um ancestral comum com as novas espécies. A afirmação tem como base, os fósseis encontrados por Leakey em uma escavação no Quênia.

Os fosseis encontrados possuem cerca de dois milhões de anos e poderiam confirmar a teoria de que existiram espécies pré-humanas que influenciaram na evolução dos homens modernos de hoje.

Mas a teoria colocada por Leakey parece não estar sendo bem aceita por todos os cientistas. Alguns deles acreditam que tal conclusão seria muito precipitada e sem embasamento; em contrapartida, Leakey afirma que os rostos planos e dentes grandes, dos fósseis encontrados indicam que não se trata da espécie Homo erectus e sim de uma nova espécie.

Recomendado
Siga nas redes
Últimas publicações
O QUE LER EM SEGUIDA
Assuntos fósseis, homens e espécies
Siga nas redes
Encontrou algum erro no texto?

Entre em contato com o autor e nos ajude a melhorar a qualidade dos posts cada vez mais!

AVISAR
Comentários
ASSINE NOSSA NEWSLETTER

As melhores publicações no
seu e-mail