Dia 30 de junho terá um segundo a mais no tempo

Você sabia que o próximo dia 30 de junho terá um segundo a mais? Não. Pois bem, o próximo sábado terá um segundo a mais no horário, isso tudo para ajustar os relógios ao período de rotação da Terra

Por | @oficinadanet Ciência

Você sabia que o próximo dia 30 de junho terá um segundo a mais? Não. Pois bem, o próximo sábado terá um segundo a mais no horário, isso tudo para ajustar os relógios ao período de rotação da Terra.

Mas porque isso? Isso tudo, porque existe uma pequena diferença entre as 24 horas de um dia e o tempo que dura uma volta do planeta em torno do seu próprio eixo. Sendo assim, um acordo internacional, firmado em 1970, reconheceu a existência das duas escalas de tempo.

O período de rotação do planeta e o chamado Tempo Universal Coordenado (UTC), baseado nos relógios atômicos. Mas quem é responsável por esse ajuste? O responsável pelo estudo do tempo e sua organização, é o Serviço Internacional de Sistemas de Referência e Rotação da Terra, o IERS. O IERS é responsável por observar a diferença entre as duas escalas e assim decidir quando se deve inserir um segundo no tempo. Quando necessário esse segundo a mais no tempo, ele é posicionado entre as 23:59:59 e 00:00:00, sendo que nos relógio que usam o sistema UTC, ele aparece desta forma: 23:59:60.

Mas como aconteceu a criação deste sistema? Bom, a criação do Tempo Universal Coordenado – UTC, foi criada através de uma escala de tempo secundária, conhecida como Tempo Atômico Internacional – TAI, que nada mais é o UTC sem segundo acrescentado ou retirados. Em 1972, quando da criação do sistema, os relógios atômicos já estavam 10 segundos atrasados em relação à rotação da Terra.

Desde então, já foram acrescentados segundos neste sistema, segundos esses que são acrescentados em intervalos que vão de seis meses a sete anos. O último acréscimo ocorreu em 31 de dezembro de 2008; mas mesmo acrescentando este segundo extra agora no próximo dia 30 de junho, ainda teremos um atraso de 35 segundos entre o UTC e o TAI.

Mais sobre: tempo relógio terra
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo