Vídeo análise do ASUS Zenfone 3 Max [REVIEW]

Confira a nossa análise completa do ASUS Zenfone 3 Max.

Por | @nmuller99 Smartphones

Lançado no final de 2016 no Brasil o Zenfone 3 Max promete ser o smartphone/bateria. O modelo que foi enviado pela ASUS para testarmos é o ZC553KL, que conta com tela de 5,5 polegadas, 3GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento interno, processador Qualcomm Snapdragon 430. Vem para ser o smartphone mais em conta se comparado com o Zenfone 3 “standard”. Mas será que vale a pena gastar um pouco menos e ter um smartphone com menos hardware e mais bateria? É o que vermos neste review.

Não é de hoje que a ASUS traz ótimos aparelhos custo/benefício, desde o Zenfone 5 lançado no Brasil em outubro de 2014 que a marca fez um grande alvoroço entre os consumidores. O Zenfone 3 teve boas repercussões de toda a mídia e é claro dos clientes. Tendo em vista todo o hardware presente no aparelho, combinado com os softwares mais atualizados ele vem fazendo sucesso.

O Zenfone 3 Max é um dos primeiros aparelhos a desembarcar em território brasileiro carregando uma bateria de 4.000 mAh. Tem muito tablet que não possui esta especificação. Mas será que esta bateria toda aguenta mais horas? Veremos isto mais abaixo.

Design

O aparelho que nos foi emprestado para testes veio na cor branca. Ele é revestido em vidro e metal. O design é semelhante a diversos outros aparelhos, o que não é uma crítica.

Liso, mas mais resistente? Assim como o Zenfone 3, ele também é bastante liso, isso se deve ao metal polido arredondado nas arestas. Pelo menos a sua traseira não é em vidro, o que torna ele um pouco mais resistente que seu “irmão”. No Zenfone 3, fui obrigado a aderir a capa de borracha transparente, que deixa o aparelho feio e grande, uma infeliz necessidade. Diversos relatos de consumidores em grupos no Facebook onde deixaram o aparelho cair e espatifaram, tanto a parte traseira quanto a frontal. O Corning Gorilla Glass 3 2.5D, pelo jeito não foi aprovado nem pela própria ASUS que agora no Zenfone 3 Zoom aderiu a tela Corning Gorilla Glass 5 2.5D.

Diferente de versões antigas do Zenfone e seguindo a tendência de beleza e sofisticação da linha Zenfone 3, ele deixa de ter a face frontal com os círculos concêntricos e passa a ser revestida apenas com vidro, de cabo a rabo. Os botões na parte de baixo permanecem ainda não retro-iluminados, o que é um problema no escuro. Mencionamos isto em todos os reviews de smartphones da ASUS.

Smartphones: Já viu o nosso comparativo de smartphones? veja aqui.

A face traseira do aparelho tem a câmera centralizada. Ao lado esquerdo, o Flash Dual LED, ao lado direito o sensor a laser, usado em conjunto com a câmera para agilizar o foco. Abaixo da câmera está o sensor de impressões digitais 360º, que assim como no Zenfone 3. A logo da ASUS no final, juntamente com o registro na ANATEL e código do modelo.

Na parte de baixo do aparelho temos o alto-falante, o microfone de conversação e o conector USB.

Na parte de cima temos a entrada P3 para o fone de ouvidos e microfone, além de um microfone de ambientação. Usado para remover os ruídos nas chamadas.

Na lateral direita, temos os botões de volume e desligar. Na lateral esquerda o slot dual SIM.

A pegada dele é boa. Como já mencionado, ele é liso, não fique desatento ao utilizar o aparelho. Facilmente qualquer descuido é propício para uma queda. Impossível de alcançar toda a tela com uma mão só. Inclusive existe um botão nas configurações para você usar com o telefone com uma mão, ele reduz a tela para alcançar com o polegar. O tamanho de 5,5” da tela não é o ideal para meu uso, os telefones estão ficando cada vez maiores. Para quem manuseia direto, colocando e tirando do bolso não é muito cômodo. São 15 cm de telefone, por muitas vezes fica para fora do bolso.

Veja a comparação de design que fizemos entre a família Zenfone que temos aqui na redação:

Em termos gerais, eles têm o mesmo estilo, obviamente. O Zenfone 3 com um requinte um pouco maior. Confesso que prefiro a traseira do aparelho em metal, a chance de quebrar é menor.

 

Hardware

Pelo período relativamente curto, cerca de uma semana, não tivemos travamentos os aplicativos tradicionais. Em toda a linha Zenfone 3 a ASUS equipou os aparelhos com processadores da Qualcomm.

O Max vem equipado com um processador Qualcomm Snapdragon 430, Octa-core, a GPU é Adreno 505, 3GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento interno, expansível até 128GB com cartão MicroSD.

Dimensões e peso:

O telefone tem um tamanho padrão atualmente, com 151,4mm de altura, por 76,2 mm de largura e 8,3mm de espessura. Pesando 175g.

Tela do Zenfone 3 Max:

A tela é de 5,5”, IPS. Com resolução FullHD (1920x1080px). Ocupa cerca de 77,5% da área frontal do aparelho. O brilho dela é de 450 nits. Equipada com bluelight filter para evitar cansaço dos olhos, é possível enxergar ao sol, não tão bem quanto se fosse em ambientes fechados ou com pouca luz, mas ainda assim terá capacidade de ler informações na tela. Revestida em Corning Gorilla Glass 3, 2.5D. O que o 2.5 significa? O 2D, é uma superfície plana, o 3D é arredondado igual o Galaxy S6 Edge, e o 2.5D, é um nível intermediário, como mostra a imagem abaixo:

Tive uma queda com o Zenfone 3 standard e trincou o canto da tela, com o Zenfone 3 Max felizmente não foram registrados acidentes. A própria ASUS notou que a tela não é resistente o suficiente para caras como eu, desastrados completos, como vimos no lançamento do Zenfone 3 Zoom, que agora vai contar com proteção de tela Corning Gorilla Glass 5 2.5D. Nos resta aguardar a nova versão Zoom chegar ao Brasil, ao que tudo indica é em fevereiro, veremos.

Sensor de impressão digital:

O sensor de impressão digital é uma novidade na linha Zenfone 3, posicionado na parte traseira, abaixo da câmera, que em minha opinião se encaixou perfeitamente, visto que você sempre está com o dedo indicador na posição. As funcionalidades dela são:

  • Desbloquear o aparelho – toque simples;
  • Atender uma chamada – toque simples;
  • A ativar a câmera – toque duplo;
  • Tirar foto – com a câmera ativa, um toque simples ativa o obturador;

Para que as funcionalidades entrem em ação, é necessário ir nas configurações e ativá-las, caso contrário você vai ficar tentando até passar raiva.

A câmera traseira do Zenfone 3 Max:

A câmera traseira é de 16 megapixels, com abertura do diafragma de f/2.0. A velocidade do foco é de 0.03s, usa a tecnologia de infravermelho para ajudar na capacidade de focar.

Faz fotos HDR em tempo real, que já vem definido por padrão. Como flash, usa uma combinação de dois leds de tons diferentes, que é para tornar as cores mais reais, quando usar flash nas fotos. Consegue capturar imagens com exposição de 32 segundos.

Os modos da câmera:

  • Automático, como o nome já diz.
  • Manual: você configura, exposição, abertura, tons, etc
  • HDR Pro
  • Embelezamento: vai embelezar a face das pessoas
  • Super resolução: usada para fazer as “SUPER FOTOS”
  • Crianças: tira a foto quando detecta um rosto de uma criança
  • Baixa luz: Aumenta a entrada de luz e torna as imagens no escuro mais claras
  • Profundidade de campo: altera o foco Efeitos: você pode aplicar efeitos em tempo real
  • Selfie: o nome já diz =)
  • GIF animado: grava um gif animado do tempo que você deixar gravando
  • Panorama: faz uma foto panorâmica
  • Miniatura: faz uma imagem com aspecto de miniatura, foca o centro e desfoca os cantos.
  • QR Code: leitor de QRCode.
  • Câmera lenta
  • Time Lapse: Grava uma imagem a cada X segundos e faz um vídeo. Na prática você conhece a grande maioria dos modos. Se é um fotógrafo semi ou profissional, vai adorar a câmera em seu modo manual, dá para fazer muita coisa com ela. Se é amadorzão, como eu, existem muitos recursos para deixar a foto com ar profissional.

Fizemos algumas imagens para mostrar a capacidade da câmera traseira, todas as fotos tiradas foram apenas redimensionadas, sem uso de filtros e correções, confere aí:

Foto sem tratamento
Foto sem tratamento, pouca luz


A câmera é semelhante ao Zenfone 3 as diferenças estão no vídeo, que não grava em 4K. O motivo para não estar presente é o processador que não permite gravações em 4K, que o modelo 625 do Zenfone 3 faz e na lente que é feita de Safira no Z3, tem 4 eixos de estabilização de imagem. Pode parecer pouca diferença, mas nas imagens nota-se bastante.

Os vídeos que a câmera do Zenfone 3 Max produz são: 1080p a 30 fps, 720p a 30fps. Possui 3 eixos eletrônicos de estabilização, o que torna o vídeo menos tremido.

A câmera frontal do Zenfone 3 Max:

A câmera frontal com 8 megapixels, abertura do diafragma de 2.2 e um campo de visão de 84º, às suas selfies vão ganhar outro nível. Veja alguns exemplos de imagens da câmera frontal:

Conectividade

Conectividade: O Zenfone 3 vem cheio de tecnologias wireless. Dentre elas:

  • Rede Wi-fi: 802.11a/b/g/n
  • Bluetooth 4.1 Wi-Fi Direct
  • Navegação: GPS, A-GPS, GLONASS, BDSS
  • No cartão SIM 1: 2G/3G/4G Micro SIM
  • No cartão SIM 2: 2G/3G/4G Nano SIM
  • Rede de dados: FDD-LTE, TD-LTE, TD-SCDMA, WCDMA/HSPA+/DC-HSDPA, CDMA 2000 EV-DO Rev. GSM/EDGE

A ASUS deixou espaço para 2 cartões, porém, você só pode usar ambos, caso não queria utilizar um MicroSD. Na caixa de cartões tem espaço para: 1 cartão SIM e espaço para ou um outro cartão SIM, ou um MicroSD. Com 32GB de armazenamento interno, talvez não haja a necessidade de armazenamento externo. Ou então, você deverá usar apenas um cartão SIM. Este, de fato, não é um problema, não é?

Bateria

A bateria do Zenfone 3 Max é de 4.100 mAh, uma das melhores do mercado atualmente. Em teoria você deveria poder usar 30% a mais do que o Zenfone 3, na prática não é bem isto que acontece. Em uso constante consegui deixar o celular vivo por cerca de 12 horas, não é pouco, mas comparado ao Zenfone 3 ele não teve lá muita diferença na durabilidade. O fato é que no Zenfone 3 o Snapdragon 625 tem uma eficiência energética muito maior que o 430.

O telefone que empresta bateria. Uma feature muito legal que a ASUS fez neste celular foi que pela capacidade da bateria, é possível através de um cabo adaptador, que vem na caixa, oferecer bateria para outros telefones. What? Isso mesmo, você pode carregar outro telefone usando o Zenfone 3 Max. Foi em um evento e seu amigo esta drenado? Você pode emprestar bateria. Como o pessoal da ASUS diz, ele é um próprio ZenPower dentro de um telefone.

Benchmarks:

E como será que o Zenfone 3 Max se saiu nos benchmarks? Fizemos os testes com o AnTuTu e o Vellamo, dois softwares especializados em testes de smartphones.

AnTuTu:

No AnTuTu o primeiro teste feito deu apenas 23 mil pontos, o que provavelmente deve ter ocorrido um problema, em outros três testes ele atingiu a melhor marca de 43.870 pontos.

Os dados estão na imagem abaixo:

Zenfone 3 Max - AnTuTu benchmark
Zenfone 3 Max - AnTuTu benchmark

Comparação com Zenfone 3

Zenfone 3 - AnTuTu benchmark
Zenfone 3 - AnTuTu benchmark

A posição atual dele se equivale a um Galaxy Note 3, o que não é ruim para um telefone mid-range.

Vellamo:

Veja a primeira imagem do Zenfone 3 Max:

Zenfone 3 Max - Vellamo benchmark
Zenfone 3 Max - Vellamo benchmark

E a comparação com Zenfone 3:

Zenfone 3 - Vellamo benchmark
Zenfone 3 - Vellamo benchmark

Áudio ruim?

Alguns usuários pediram para testarmos o áudio, pois há comentários pelos grupos de facebook que o aparelho tem um som ruim. Fizemos um vídeo para comparar o Zenfone 3, com o Zen 3 Max, e você assiste agora.

O vídeo foi gravado com uma câmera (óbvio), e o som captado por um microfone do tipo shotgun (boom), ou seja, mesma captação do áudio.  Ambos tocaram um vídeo do Youtube, clipe de uma música, com som no volume máximo, sistema de alto-falantes externo desligados. Há uma diferença entre os áudios, é notável, mas dizer que é ruim não posso. Mas eu já presenciei um som desagradável com ele assistindo a vídeos no Youtube. Não sei se foi a atualização de firmware, mas depois de atualizado não aconteceu mais.

Comparativo de hardware com Zenfone 3:

Marca ASUS ASUS
Processador Qualcomm Snapdragon 625 Octa-core Qualcomm Snapdragon 430
GPU Adreno 506 Adreno 505
Câmera Frontal 8 MP 8 MP
Câmera Traseira 16 MP 16 MP
Vídeo 4K - 30 fps Full HD - 30 fps
Memória RAM 4 GB 3 GB
Display - Tamanho 5,5" 5,5"
Display - Tecnologia IPS IPS
Display - Proteção Corning Gorilla Glass 3, 2.5D Corning Gorilla Glass 3, 2.5D
Display - Resolução 1920 x 1080 1920 x 1080
Armazenamento Interno 64 GB 32 GB
Armazenamento Extra 2 TB 128 GB
Sistema operacional Android 7.0 Android 6.0.1
Bateria 3000 mAh 4100 mAh
AnTuTu 62521 43870
Peso 155 g 175 g
3G
4G
Bluetooth
GPS
NFC
Wi-Fi
DLNA
Rádio FM
TV Digital
Acelerômetro
Bússola
Flash
Giroscópio
Sensor de proximidade
Vibração
Viva Voz
Sensor de impressão digital

Comparativo de hardware com Galaxy A7:

Especificação Zenfone 3 Max 5,5” Galaxy A5 
Display 5,5” FHD IPS FullHD 1920x1080 pixels 2.5D 5,2” Super AMOLED FullHD 1920x1080 pixels
CPU Qualcomm Snapdragon 430 1,4GHz Octa-core MSM8937  Qualcomm Snapdragon 615 Octa-core 1.6GHz Cortex-A53 GPU Adreno 405
Banda

DC - HSPA+

DL: 42Mbps

UL: 5,76Mbps aquiiiiiii

LTE Cat6: 300/50
 DC - HSPA+

 

DL: 42Mbps

UL: 5,76Mbps

LTE Cat6: 300/50
Câmera Principal

16MP

13MP
Câmera Frontal 8 MP 5MP
Memória RAM 3GB 2GB
Armazenamento 32GB 16GB
Cartão SD Até 128GB Até 256GB
Leitor de Impressão digital SIM 360o SIM
Bateria 4100 mAh 2900 mAh
Preço: R$ 1.299,00 R$ 1.499,00

 

Software

O Zenfone 3 MAX vem instalado com Android Marshmallow 6.0.1, modificado pela ZenUI 3.0. A modificação feita pela ASUS tem o lado bom e o lado ruim. Vamos começar pelas boas. A capacidade de personalização de quase tudo dentro do celular me deixou bastante contente. Pelo fato de eu poder escolher quantos apps vão estar na grade da lista de aplicativos, determinar o tamanho que eles aparecem, qual fonte eu quero usar, enfim, são coisas que deixam o smartphone com a sua cara. Tem gente que pode não gostar, eu particularmente acho interessante. Sou usuário a 2 anos de Moto X, sei bem como é uma interface nativa do Android, estava bastante habituado a usá-la, mas a ZenUI 3.0 me agradou definitivamente.

Widgets vou deixar no meio termo, tem alguns interessantes, como o clima, por exemplo. Porém, se você começa a utilizá-los, vai querer remover, pois ocupam espaço e não são tão uteis.

Quem leu o review do Zenfone 3, pode perceber que não fui muito com a cara do teclado da ZenUI. Esta vez relutei e dei uma chance. Consegui configurar ela de acordo com o teclado do Google que estava habituado. A ASUS é campeã em deixar configurar quase tudo, foi que agora me acostumei. Mas como teclado é questão de costume, você usa aquele que melhor lhe convém.

Vale deixar claro que a ASUS já garantiu a atualização para o Android N, em toda a linha Zenfone 3.

Vejamos agora a suíte de aplicativos que vem instalada na ZenUI 3.0:

A ASUS construiu um monte de apps para auxiliar as tarefas diárias. Se você já possui apps similares, provavelmente vai apagar os da ZenUI, sem ao menos testar. O app da câmera é fantástico, a galeria de fotos é de se considerar, eu prefiro o Google Fotos mesmo, até pelo fato da sincronização das imagens. O teclado como mencionado acima, eu removi. O app Do It Later é simples e funcional. Mobile Manager é um app para gerenciar e otimizar performance do celular. Aí, você que aficionado por estes tipos de apps, não precisa instalar 10 aplicativos para “melhorar” o smartphone, o Mobile Manager faz tudo isto. Os aplicativos ZenChat e ZenCircle são basicamente o Facebook e Messenger, apps que não vou trocar.

Se penso em remover a ZenUI e instalar outro laucher? Nem a pau. Com minhas personalizações consigo me encontrar facilmente em tudo.

Veredito final

O Zenfone 3 Max foi criado para ser um smartphone intermediário, tem um hardware mediano, onde se sobressai a memória RAM de 3GB e principalmente a bateria de 4.100mAh, feita para durar por mais que um dia, mas nos testes pesados durou apenas um. Seu processador apesar de ser recente não é tão eficiente em consumo de bateria como do seu “irmão” Zenfone 3.  Comparado com ele, as performances nos testes de benchmark são de 30% de diferença.

A câmera dele é semelhante ao Zenfone 3, a diferença está na lente e no processador que permite gravar 4K no Zenfone 3. Todos os modos de câmera, tanto manuais quanto automáticos estão presentes em ambos os aparelhos.

Os preços em seu lançamento na loja da ASUS são de R$ 1.299,00 Max, e R$ 1.799,00 Z3. Giram na diferença de 28%. Ou seja, se você quer pagar 30% a menos em um telefone, terá 30% a menos de performance. Os preços se equiparam então. Você pode conferir aqui a tabela com as especificações de todos os modelos de Zenfone 3.

Você pode comprar a versão mais barata do Zenfone 3 Max aqui.

Eu sinceramente aconselho gastar esta diferença de valor e pegar um telefone “intermediário premium”, a diferença é grande.

Notas

  • 0 4 6 8 10
  • Processador
  • Câmera Frontal
  • Câmera Traseira
  • Memória RAM
  • Display - Tecnologia
  • Display - Proteção
  • Display - Resolução
  • Armazenamento Interno
  • Armazenamento Extra
  • Bateria
  • AnTuTu
37° em nosso ranking
Comparar
  • Motorola Moto X Play
  • Zenfone 3 Max
  • Lenovo Vibe K6
COMPARAR

Siga nas redes
Mais compartilhadosObjeto Relacionado
O QUE LER EM SEGUIDA
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar