Mistério: Cientistas encontram fonte de ondas de rádio no espaço

Em razão de serem breves, aliados a dificuldade de determinar a localização, criaram um mistério em torno da origem das ondas.

Por | @RafaelaPozzebon Ciência

Uma descoberta recente deverá colaborar a desvendar o mistério de ondas de rádio captadas no espaço. As Rajadas Rápidas de Rádio (FRBS, na sigla em inglês) são um fenômeno astrofísico que consiste em pulsos de ondas de rádio de curta duração, com milésimos de segundos, porém, muito potentes.

Em razão de serem breves, aliados a dificuldade de determinar a localização, criaram um mistério em torno da origem das ondas.

Agora, uma equipe de astrônomos revelou uma descoberta: a fonte de uma dessas rajadas seria de outra galáxia. A revelação é um grande passo para solucionar o mistério, já que havia gerado muita especulação, incluindo buracos negros até inteligência extraterrestre.

Mistério: Cientistas encontram fonte de ondas de rádio no espaço

Leia também:

As primeiras FRBs foram descobertas ainda em 2007, em um arquivo de um telescópio australiano. Os astrônomos estavam realizando outra pesquisa quando se depararam com o fenômeno, ou seja, uma rajada de ondas de rádio captada em 2001. Após isso, outras 18 rajadas foram descobertas.

"Não seria exagero dizer que há mais teorias sobre o que elas realmente seriam do que o número descoberto até agora de FRBs", afirmou à BBC o autor do estudo, Shami Chatterjee, da Universidade de Cornell, em Nova York (EUA).

"Quando registramos, no ano passado, que um desses flashes estava se repetindo, derrubamos muitas das hipóteses levantadas até agora. Isso porque sabíamos que ao menos essa fonte não podia ser gerada de uma explosão. Tinha de ser algo em que o mecanismo que a estava produzindo sobrevivesse até o próximo flash", explicou o cientista. "Então, determinamos que essa rajada vinha de uma galáxia anã, mais de três bilhões de anos-luz da Terra." 

A grande distância apenas reforça o quanto são poderosas as ondas de rádio.

A pesquisa foi divulgada na revista científica Nature e foi apresentada em congresso de astronomia no Estado americano do Texas. 

Mais sobre: ondas, radio, cientistas
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários