YouTubers recebem incentivos para falarem bem de alguns games

Após quase dois anos de investigações, a Comissão Federal de Comércio (FTC) dos Estados Unidos chegou a conclusão que a Warner Bros pagou para que alguns canais no YouTube.

Comentários Rafaela Pozzebon   -

Os YouTubers faturam alto no mundo tecnológico. Com seus milhares de seguidores, através de seus vídeos se tornaram verdadeiras celebridades virtuais. Levando em consideração o fato, alguns deles teriam recebido favorecimentos financeiros para falarem bem sobre determinado game em seus canais. Confira: quais são os 10 maiores canais do Youtube.

Após quase dois anos de investigações, a Comissão Federal de Comércio (FTC) dos Estados Unidos chegou a conclusão que a Warner Bros pagou para que alguns canais no YouTube fizessem críticas positivas sobre o jogo Middle-earth: Shadow of Mordor.

PewPieTie teria recebido incentivo financeiro da Warner.
PewDiePie teria recebido incentivo financeiro da Warner.

Leia também:

Um dos nomes que fazem parte do negócio está Felix Kjellberg, conhecido na internet como PewDiePie. Atualmente, ele é dono do maior canal do YouTube com 46,2 milhões de assinantes. A FTC cita que youtubers como Kjellberg receberam centenas de milhares de dólares para promover o game. O grande problema é que as pessoas eram iludidas com a avaliação dos youtubers, já que as críticas eram somente positivas.

A Comissão explica que os contratos feitos com a Warner exigiam a divulgação dos termos, de modo pouco claro. No caso de PewDiePie, a informação de que o vídeo havia sido patrocinado só aparecia se o telespectador acessasse o local “Mostrar Mais” do YouTube. Em outros casos, os youtubers apenas mencionavam que a Warner havia enviado o jogo. Confira: como baixar vídeos do Youtube?

A comissão salienta sobre a necessidade de os usuários saberem que a resenha tenha sido feito a partir das avaliações dos próprios youtubers ou se eles estavam atrelados a algum tipo de contrato. Jessica Rich, diretora da Agência de Proteção ao Consumidor da FTC, aponta que a Warner e também outras empresas precisam ser honestas com seus consumidores nas campanhas online.

A Warner, no entanto, não receberá nenhum tipo de multa, apenas uma aviso por parte do órgão. Porém, caso seja constatado alguma reincidência, a empresa poderá responder criminalmente. 

 
COMENTÁRIOS

Recomendados
carregando...
Destaques
TOPO