Como funciona uma câmera de cinema?

O cinema e o audiovisual como um todo sempre encantou plateias do mundo inteiro. O que muitos se perguntam é: como uma câmera pode captar imagens em movimento? Neste artigo tentamos desvendar este mistério.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Antes de compreender isso, temos que entender como funciona a captação de imagens estáticas, ou seja, como lentes de vidro podem transferir uma imagem para um filme fotográfico. O processo na verdade é bem simples, como já mostramos aqui. Na verdade uma câmera fotográfica analógica imita o funcionamento do olho humano, apenas registrando a luz que entra através das suas lentes em um filme composto de material sensível a esta luz.

Para entendermos como funciona uma câmera de cinema, o entendimento desse processo é essencial, já que apesar de temos evoluído em tecnologia, o sistema de funcionamento de captação de imagem pouco mudou desde que foi inventado.

O princípio da sucessão de imagens

O primeiro aparelho capaz de registrar e projetar imagens e nos dar a impressão de que elas estão em movimento está sob a patente dos irmãos Louis e Auguste Lumière, que se utilizaram de uma sucessão de imagens estáticas, em alta velocidade para criar filmes em movimento. Funciona assim: a máquina registra diversas imagens estáticas, que são chamadas de frames, e um outro processo as coloca em movimento, na velocidade de 24 frames por segundo. Essa velocidade, durante a projeção faz com que o cérebro humano se “engane” e não perceba que são apenas imagens sendo movimentadas rapidamente, e assim temos um filme, que uma vez gravado para ser exibido em alguma mídia, ou mesmo nas salas de cinema, encanta a todos.

Como funciona uma câmera de cinema?

O funcionamento de uma câmera de vídeo

Agora vamos ao funcionamento real de uma câmera de cinema: primeiro é inserido no aparelho uma fita de filme, feita daquela mesma matéria sensível à luz usada nas câmeras analógicas. As rodilhas dentro do aparelho fazem com que o filme se posicione de maneira a receber a luz que é entra pelas lentes externas da máquina.

Leia: Como funciona uma câmera analógica

Uma pequena abertura, chamada de obturador, com a ajuda de um pequeno espelho giratório, permite que a luz entre e incida sobre o filme na medida e na velocidade correta, enquanto o filme se movimenta e assim sucessivamente. O vídeo abaixo, apesar de estar sem legendas, explica bem o processo.

As lentes

Durante todo esse processo, as lentes também têm um papel crucial, já que elas vão determinar o foco, a distância e o formato da imagem captada. É através delas que a luz é concentrada e é direcionada para o obturador. Dela também depende o ângulo de visão que terá o que é filmado.

Como funciona uma câmera de cinema?

As câmeras hoje

Logicamente as técnicas de captação de imagens evoluíram com o passar do tempo, mas seus princípios básicos permanecem os mesmos. Mudaram apenas as formas de armazenamento e houve uma digitalização do processo. Atualmente tudo o que é captado pela lente é direcionado para uma pequena chapa eletrônica, sensível à luz, que transforma a imagem em dados armazenáveis, facilitando todo o processo. Apesar disso, é possível criar filmes de qualidade mesmo com câmeras criadas há mais de 50 anos.

Leia também: Como funcionam as câmeras digitais

Logo após o inicio de 2010 as câmeras digitais passaram a dominar a produção de cinema. Tanto pela sua capacidade de armazenagem quanto pela qualidade de imagem que eles são capazes de alcançar. Os primeiros filmes conhecidos que usaram o sistema digital foram "Era uma vez no México" de 2001 e "Star Wars Episodio II: O Ataque dos Clones" de 2002. Durante a produção dos longas foram utilizadas a câmera HDW-900 da Sony, que fazia parte de uma série de máquinas profissionais chamada de CineAlta, que além de gravar em formato digital, ainda ofereciam muitas das qualidades das câmeras de 35mm usadas antes delas. A série de câmeras continua evoluindo e ainda é usada em diversos filmes de renome em Hollywood.

Como funciona uma câmera de cinema?
Modelo Sony CineAlta F-23

Em 2012 a Sony decidiu trazer suas câmeras profissionais para o Brasil. O modelo, que filma em 4K, se chama CineAlta F5 4K e é voltado para a produção de filmes, novelas e séries. Este modelo possui um sensor de 35mm e é capaz de atingir até 72 frames por segundo. A resolução da sua imagem chega a 4096X2160. Toda essa capacidade deve ser justificada pelo preço, já que o produto não pode ser encontrado no Brasil por menos de 34.900 dólares.

Como funciona uma câmera de cinema?
Modelo Sony CineAlta F5

Agora você já sabe como estas belezinhas conseguem captar as imagens incríveis que você assiste nos cinemas pelo Brasil e o mundo!

Mais sobre: fotografia câmera cinema
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter