NASA divulga estudo sobre o aquecimento das águas profundas do oceano

Neste estudo, os cientistas do Laboratório de Propulsão da NASA, descobriram que as águas mais profundas do oceano da Terra não aqueceram tanto quanto se imaginava.

Por | @oficinadanet Ciência

De acordo estudo divulgado nesta semana pela Agência Espacial dos Estados Unidos – NASA, as águas mais profundas do oceano da Terra não aqueceram de forma esperada desde 2005, revelando assim que esse aquecimento não contribuiu para elevação do nível do mar.

Josh Willis, cientista da NASA especializado em clima do Laboratório de Propulsão em Pasadena, Califórnia, declarou a agência de noticias EFE, que o aumento da temperatura da água se concentra em 20% destas na superfície do oceano. Onde ainda ele brinca dizendo que: “A Terra seque esquentando, por consequência o nível do mar continua crescendo, sendo assim, eu não compraria uma casa na praia nos próximos 20 anos”.

O real objetivo do estudo, segundo Willis, é o de determinar as causas às quais o nível do oceano continua a se elevar, fato esse que a NASA havia comprovado graças às observações de dois satélites, o “Jason-1” e o “Jason-2”.

NASA divulga estudo sobre o aquecimento das águas profundas do oceano

Além dos dois satélites acima descritos, há mais um satélite denominado de “Grace”, trabalhando na causa e o mesmo descobriu que o descongelamento da camada de gelo que cobre os polos e o das geleiras contribuía para aumentar o nível do mar, assim sendo, descobriu-se que enquanto a superfície dos mares continua captando o aquecimento da Terra, as profundezas dos oceanos não tiveram a mesma elevação na temperatura na última década. “Vale ressaltar que a elevação da temperatura dos oceanos só ocorre até a marca de dois quilômetros de profundidade”, explicou Willis.

Em uma conta simples, os cientistas da NASA subtraíram a quantidade de água que havia aumentado na parte superior do oceano, da quantidade total do aumento do nível do mar, o que correspondeu à água do degelo, sendo que o resto representa a quantidade do nível do mar causado pelo aquecimento no oceano profundo, resultado esse igual a “zero”.

Assim sendo, o estudo apresentado nesta semana garante que o aquecimento das águas profundas não ajudou em nada para a elevação do nível do mar entre os anos de 2005 a 2013. Mas Willis alerta, 20% das águas da superfície aqueceram, evidenciando assim o contínuo aquecimento da temperatura média da Terra.

O estudo ainda informou que nos últimos 35 anos os nossos oceanos absorveram cerca de 24% a 58% a mais de calor do que havia sido estimado anteriormente.

Mais sobre: aquecimento global, NASA, oceano
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários