Facebook adotará regras rígidas em seus novos estudos

Após reconhecer falhas em suas pesquisas passadas, a direção do Facebook decide adotar um maior cuidado em seus próximos estudos com seus usuários.

Por | @oficinadanet Carreira em TI

Segundo matéria publicada ontem a noite no site da revista veja, a maior rede social da atualidade anunciou nesta última quinta-feira, 02 de outubro, que irá adotar regras rígidas para conduzir estudos com usuários.

No blog oficial da rede social em questão, o diretor de tecnologia da mesma, Mike Schroepfer, declarou que o Facebook está comprometido a realizar pesquisas para melhorar a rede social, onde o mesmo descreve dizendo o seguinte: “Estamos comprometidos em realizar pesquisas para melhorar a nossa rede social, mas para que isso aconteça, queremos realizar de maneira responsável”. Essa medida foi tomada após a diretoria do Facebook tomar conhecimento das repercussões negativas de um estudo secreto realizado em 2012, que tinha como meta, entender as emoções de seus usuários.

Ainda no blog oficial do Facebook, Schroepfer reconheceu alguns erros tomados em relação à rede social, onde declara que: “Agora está claro que tomamos algumas decisões erradas, onde deveríamos, por exemplo, considerar outras formas não experimentais para conduzir essa pesquisa, o estudo poderia ter sido beneficiado por uma revisão ampla em um grupo de pessoas mais experientes. Além disso, falhamos em divulgar o estudo da maneira que fizemos, deveríamos ter comunicado de forma diferente”, descreve o diretor de tecnologia da rede social.

Segundo uma reflexão profunda quanto algumas medidas que foram tomadas, levarão a diretoria da maior rede social do mundo a tomar um cuidado maior a partir de agora com os estudos que serão realizados, onde a partir de então, os mesmos passarão por uma análise de um grupo de funcionários das áreas de engenharia, jurídico, privacidade e outros que indicarão se as pesquisas atendem as metas da empresa. Os novos colaboradores da companhia serão treinados conforme as regras para a realização de pesquisas com usuários.

Mike Schroepfer ainda declarou que a vice-presidente de operação do Facebook, Sheryl Sandberg, reconheceu que a pesquisa realizada no início de julho foi mal informada, uma vez que ela até mesmo pediu desculpas aos usuários da rede social.

Com tudo isso, Schroepfer ainda disse no blog oficial da rede que: “Continuaremos a aprender e aprimorar nosso trabalho para alcançarmos nossos objetivos, realizando pesquisas que honre a confiança que nossos usuários têm com a nossa rede social”.

Mais sobre: Facebook regras pesquisa
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo