Após sequestrar iPhones, hackers pedem fiança de até US$ 100

Donos de iPhones precisam pagar até US$ 100 dólares para ter aparelho desbloqueado.

Após sequestrar iPhones, hackers pedem fiança de até US$ 100

Uma nova modalidade de crime está deixando donos de iPhones preocupados. Hackers estão sequestrando iPhones e também outros dispositivos Apple e, em troca do controle dos gadgets, eles pedem valores que podem chegar a US$ 100.

De acordo com as vítimas, os bandidos virtuais enviavam uma mensagem informando que o smartphones, tablet ou computador havia sido hackeado. Juntamente a informação, um pedido de "resgate" que poderia ser pago através do PayPal.

"Meu telefone e meu iPad foram hackeados durante a noite, uma mensagem na tela diz 'seu dispositivo foi hackeado por Oleg Pliss'", afirmou no Twitter a usuária Eva Goes.

Oleg Pliss é o nome de um engenheiro da Oracle e também de um executivo de banco ucraniano, entre outras pessoas. Assim, o nome deve ter sido escolhido por ser comum.

A PayPal, ao ser procurada, disse que não pode rastrear o responsável pela conta que rem recebido os depósitos, bem como devolver o dinheiro das vítimas.

A Apple recomenda aos usuários que reforcem a segurança das suas senhas através de recursos como a adoção de senhas e também a verificação de duas etapas.

Ainda não se sabe certo como os criminosos conseguiram realizar o golpe. Para o especialista em segurança de TI Troy Hunt, as senhas dos usuários da Apple podem ter sido obtidas através de vazamento de informações de algum serviço online com acesso aos dados cadastrados. Vale ressaltar que o ataque não afeta os usuários que bloqueiam seus iPhones com senhas.

Há quem acredite que os criminosos estejam usando o recurso Find My Phone (e o equivalente Find My iPad) para bloquear os aparelhos e assim enviar a mensagem às vítimas, disse o jornal australiano The Age.

Review Notebook ASUS Zenbook 14 UX435: Duas telas, bateria top e muito bonito

O Zenbook 14 versão UX435E, acabou de ser lançado e, sim, a ASUS já nos enviou. Testei ele pelas últimas semanas trabalhando diretamente, minha vontade de mostrar essa segunda tela era tanta, mas não podia. Olha só que animal, o touchpad vira uma tela secundária, totalmente personalizável e útil. Vem ver o que o Zenbook 14 de 2021 tem para te oferecer, o que ele traz de novidades e claro, se vale a pena pagar o preço.

Conteúdo relacionado

Motorola Moto G60 é bom em jogos? - Roda Liso
Roda Liso

Motorola Moto G60 é bom em jogos? - Roda Liso

Analisamos o novo MOTO G60 em onze diferentes jogos de Play Store, dentre eles, Free Fire, Fortnite, PUBG, Call of Duty Mobile, Genshin Impact e outros. Como é jogar com o Moto G60?

Perigo no iPhone: jornalistas são vítimas de espionagem e sofrem ataque hacker
Segurança digital

Perigo no iPhone: jornalistas são vítimas de espionagem e sofrem ataque hacker

Ataques hackers continuam em atividade durante esse ano de 2020, e dessa vez, uma vulnerabilidade no aplicativo de mensagens do iPhone permitiu que 36 jornalistas do canal Al Jazeera do Catar tivessem seus dados espionados; saiba mais!

Spyware que infectava iPhones pode ter sido usado para espionagem política
Segurança digital

Spyware que infectava iPhones pode ter sido usado para espionagem política

Especialistas em segurança digital descobriram que por cerca de dois anos, um spyware, capaz de revelar todo o uso do iPhone das vítimas, pode ter sido utilizado para fins políticos de espionagem.

App chinês cria deepfakes, viraliza e gera preocupação
Segurança digital

App chinês cria deepfakes, viraliza e gera preocupação

Os usuários chineses do iPhone estão migrando para um novo aplicativo chamado Zao para fazer seus próprios deepfakes. Os usuários podem encenar filmes e séries, e o resultado final parece muito autêntico.

ProtonVPN lança VPN grátis para iPhone e iPad, veja como usar
Segurança digital

ProtonVPN lança VPN grátis para iPhone e iPad, veja como usar

Conheça o ProtonVPN e saiba como usar o serviço de VPN grátis para iPhone ou iPad.

Empresa responsável por desbloquear iPhone para FBI tem procedimentos vazados
Segurança digital

Empresa responsável por desbloquear iPhone para FBI tem procedimentos vazados

De acordo ainda com os dados, a Cellebrit vendeu a sua tecnologia para os governos da Turquia, Emirados Árabes e Rússia.