Após sequestrar iPhones, hackers pedem fiança de até US$ 100

Donos de iPhones precisam pagar até US$ 100 dólares para ter aparelho desbloqueado.

Por | @RafaelaPozzebon Segurança digital

Uma nova modalidade de crime está deixando donos de iPhones preocupados. Hackers estão sequestrando iPhones e também outros dispositivos Apple e, em troca do controle dos gadgets, eles pedem valores que podem chegar a US$ 100.

De acordo com as vítimas, os bandidos virtuais enviavam uma mensagem informando que o smartphones, tablet ou computador havia sido hackeado. Juntamente a informação, um pedido de “resgate” que poderia ser pago através do PayPal.

"Meu telefone e meu iPad foram hackeados durante a noite, uma mensagem na tela diz 'seu dispositivo foi hackeado por Oleg Pliss'", afirmou no Twitter a usuária Eva Goes.

Oleg Pliss é o nome de um engenheiro da Oracle e também de um executivo de banco ucraniano, entre outras pessoas. Assim, o nome deve ter sido escolhido por ser comum.

A PayPal, ao ser procurada, disse que não pode rastrear o responsável pela conta que rem recebido os depósitos, bem como devolver o dinheiro das vítimas.

A Apple recomenda aos usuários que reforcem a segurança das suas senhas através de recursos como a adoção de senhas e também a verificação de duas etapas.

Ainda não se sabe certo como os criminosos conseguiram realizar o golpe. Para o especialista em segurança de TI Troy Hunt, as senhas dos usuários da Apple podem ter sido obtidas através de vazamento de informações de algum serviço online com acesso aos dados cadastrados. Vale ressaltar que o ataque não afeta os usuários que bloqueiam seus iPhones com senhas.

Há quem acredite que os criminosos estejam usando o recurso Find My Phone (e o equivalente Find My iPad) para bloquear os aparelhos e assim enviar a mensagem às vítimas, disse o jornal australiano The Age.

Mais sobre: iphone, hackeado, resgate
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários