Evolução do modem

Veja como foi concebido o crescimento e evolução do modem, uma peça de extrema importância na geração e transmissão de dados e informações.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Já se imaginou em uma vida sem internet e sem transmissão de dados? Pois bem, saiba que graças à evolução dos modems que é capaz de usufruir de uma conexão e transmissão de dados cada vez mais eficiente e precisa nos dias de hoje. Os computadores e sistemas computacionais de que dispomos, não seriam capazes de desempenhar nem um terço de suas atividades se não fosse a grande utilidade que o uso do modem nos traz.

O modem, basicamente, é responsável em captar o sinal da tecnologia banda larga e transformá-lo para transmitir dados, sendo muito usados para conexões à internet, BBS, ou a outros computadores. Este processo de conversão de sinais, binários para analógicos, é chamado de modulação/conversão digital-analógico. Uma de suas grandes façanhas é a sua multiplexação, quando um meio transmite dois ou mais sinais, ou seja, por um cabo é transmitido o sinal do telefone, da TV e da internet; nestes casos, o modem somente irá utilizar o sinal que ele realmente necessita.

Quando estamos recebendo uma transmissão, por exemplo, o modem converte a forma de ondas que chega em bits, para que o computador possa entender a mensagem, ele demodula os dados.

Com a multiplicação dos modems necessitou-se uma normalização dos protocolos de comunicação  para que todos estes falessem uma linguagem comum. É por isso que dois organismos desenvolveram padrões de comunicação: os laboratórios BELL, precursores em matéria de telecomunicação; e o Comitê consultivo internacional de telefonia e telegrafia (CCITT), designado desde 1990 União Internacional da Telecomunicação (UIT).

Evolução

Leia também:

Os modems surgiram há vários anos, sendo utilizados desde a década de 60 nos grandes computadores. Porém, somente no final da década de 70, começo de 80, com o surgimento dos micro computadores que o modem tornou-se viável ao usuário comum. A partir de então, os modems passaram a evoluir juntamente com os computadores, se tornando cada vez mais úteis e requeridos pelas máquinas.

O código Morse foi o primeiro método que permitiu a comunicação codificada de longa distância, sendo, posteriormente, seguido de vários outros códigos. Algum tempo depois, com a invenção do telefone, foi possível transmitir a voz por meio de linhas metálicas; este foi o início da transferência de dados. O próximo passo foi a invenção do Fax, em 1843 e, após muita evolução, foi inventado o Fax-modem, em 1950. Desde então, passou-se a trabalhar para aumentar a taxa e eficiência nestas transferências de dados, que no início era muito lenta devido à interferência da linha telefônica.

No ano de 1965, Robert Lucky inventou os equalizadores, que diminuíram muito esta interferência. Portanto, a velocidade do modem no que tange a transmissão de dados, downloads, uploads e acesso a sites só aumentou desde então. Nos anos 80 era de 14kbits/s, em 1994 já estava em 56kbits/s . Atualmente, a internet comercial esta com um máximo de 100 Mbits/s, no Brasil. Em outros países já começa a venda de internet com um gigabit/s de velocidade. No Brasil, algumas empresas e instituições de ensino têm internet com velocidade de transmissão de 10 gigabits/s.

Fonte

Tipos de modem

Leia também:

Os modems, em geral, estão divididos em dois tipos:

  • Síncronos: utilizados por redes de teleprocessamento/mainframes e que exigem linhas dedicadas (Lps).
  • Assíncronos: comuns entre os micros computadores e não necessitam de linhas dedicadas (podem utilizar linhas telefônicas comuns).

Os modem podem ser externos, ou seja, são conectados ao computador via cabo acoplado ao serial da máquina (geralmente a COM1 ou COM2), ou internos, onde estes estão instalados diretamente no slot da placa mãe do PC.

MODEM INTERNO

Vantagens:

  • Está dentro do PC, não ocupa espaço
  • Não ocupa portas desérie externas ou USB
  • Não requer alimentação externa

Desvantagens:

  • Ocupam IRQs e canais de DMA
  • Ocupam Slot interno
  • Normalmente não têm LEDs de visualização
  • São fixos num só PC

Evolução do modem

MODEM EXTERNO

Vantagens:

  • Plug & Play
  • LEDs de visualização da atividade (embora alguns internos também já os tenham)
  • Portável para vários computadores
  • Ocupa porta série ou USB

Desvantagens:

  • Exige alimentação externa
  • Ocupa porta série
  • Ocupa espaço

Evolução do modem

O modem é um componente indispensável a um computador e, como vimos em suas origens, a sua evolução possui vários precedentes no que tange a tecnologias e sistemas de transferência de dados. Vemos, portanto, que os mesmos estão cada vez mais rápidos, eficientes e consequentemente, mais necessários nos dias de hoje onde a troca de informações está muito intensa e, devido a isto, requer-se mais agilidade em suas transmissões. A que tudo indica, percebe-se, também, que o crescimento dos modems não está por cessar, futuramente teremos novos modelos com, possivelmente, velocidades maiores do que as que dispomos hoje.

Mais sobre: evolucao, modem, transmissao
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.