Sonda espacial da Nasa encontra plástico na maior lua de Saturno

Sonda espacial Cassini encontra propileno na maior lua de Saturno; a descoberta reforça a confiança dos cientistas em encontrar mais materiais químicos na atmosfera de Titã.

Por | @oficinadanet Ciência

É de brinquedo? Claro que não, mas a sonda espacial Cassini lançada pela Nasa, identificou pela primeira vez na maior lua de Saturno e fora do planeta Terra, o material ao qual se fabrica recipientes para alimentos, brinquedos e diversas outras coisas; estou falando do propileno.

De acordo com a Agência Espacial Norte Americana, pequenas quantidades de propileno foram detectadas nas camadas mais baixas da atmosfera de Titã, que orbita o planeta Saturno e seus satélites. Na verdade, a descoberta fora publicada ontem, segunda-feira, 30 de setembro na revista Astrophysical Journal Letters.

Em outra oportunidade já havia sido identificado o material na lua de Saturno, mas desta vez a sonda espacial Cassini conseguiu comprovar a existência do material, sendo que para os astrônomos a identificação e comprovação do propileno, acaba com uma misteriosa lacuna deixada nas primeiras observações feita pela sonda Voyager 1 em 1980 na maior lua do planeta dos anéis.

Para o cientista Michael Flasar, do Centro Espacial Goddard da Nasa, essa comprovação reforça a confiança em encontrar mais coisas escondidas na atmosfera de Titã, onde ele declara dizendo que: “Esse sucesso reforça nossa confiança de que vamos encontrar ainda mais produtos químicos escondidos há muitos e muitos anos na atmosfera da maior lua de Saturno”.

Ainda de acordo com os cientistas do centro espacial, a lua Titã é um dos poucos corpos do Sistema Solar com uma atmosfera formada basicamente por hidrocarbonetos, compostos de átomos de carbono e hidrogênio, que se juntam ao oxigênio, enxofre e nitrogênio. Vale lembrar que estes compostos são substâncias químicas base do petróleo e dos combustíveis fósseis aqui em nosso planeta.

Mais sobre: Nasa Saturno plástico
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo