Electronic Arts é eleita pelo segundo ano consecutivo como a pior empresa dos Estado Unidos

Mesmo produzindo jogos de sucesso ano pós ano, a Electronic Arts pelo segundo ano consecutivo foi considerada pelos leitores do The Consumerist como a pior empresa dos Estados Unidos.

Por | @oficinadanet Games

Mesmo produzindo jogos de sucesso ano pós ano, a Electronic Arts pelo segundo ano consecutivo foi considerada pelos leitores do The Consumerist como a pior empresa dos Estados Unidos.

Com essa “marca” a Electronics Art, ou simplesmente, EA, torna-se a primeira companhia a repetir a distinção negativa da edição; ela somou 77% dos votos de pior empresa norte americana.

Ano passado quando receberam o título de pior de todas, os responsáveis da empresa prometeram mudanças na sua área de consumo, mas pelo que deu para perceber, nada foi feito para melhorar e um exemplo para tudo isso é o lançamento recente e desastroso do game SimCity 5, ao qual obrigou a produtora a compensar seus clientes.

Mas claro que não é somente um lançamento desastroso que faz com que clientes apontam a empresa como a pior de seu país, outros motivos levaram os internautas e leitores do The Consumerist a apontarem a EA como a pior empresa dos Estados Unidos, entre eles estão: a falta de lançamento de um produto desejável pelos consumidores, seus preços, seus produtos as vezes pouco coerentes com o que prometem e a falta de apoio prestado pela companhia junto ao seus clientes.

Outro forte motivo ao qual levou a empresa a erguer o título pela segunda vez com a pior companhia do país, é a pouca aposta em novos lançamentos, onde a EA somente tenta explorar os títulos já existentes, sem ideias novas de títulos.

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo