Telescópio espacial Kepler ganha mais quatro anos no espaço

Sexta-Feira, 06 de abril de 2012; conforme informações da própria NASA, ela decidiu prolongar por mais quatro anos a permanência no espaço do telescópio espacial Kepler

Telescópio espacial Kepler ganha mais quatro anos no espaço

Sexta-Feira, 06 de abril de 2012; conforme informações da própria NASA, ela decidiu prolongar por mais quatro anos a permanência no espaço do telescópio espacial Kepler.

Telescópio esse que tem como meta procurar planetas fora de nosso sistema solar; vale salientar que o Kepler fora lançado ao espaço em 2009, sendo assim, sua permanência em órbita já estava sendo discutida, mas ontem o gestor do programa Kepler, Roger Hunter disse que: "O prolongamento da missão nos dá uma possibilidade única de rever a nossa compreensão dos processos que tem lugar no universo e do nosso próprio lugar nela".

O telescópio Kepler descobriu muitas coisas novas no espaço, entre elas, o primeiro planeta de superfície dura, o primeiro sistema com vários planetas, o primeiro pequeno planeta em uma zona com possibilidade de vida e o primeiro planeta do tamanho da Terra.

O melhor celular intermediário para importar?

Conteúdo relacionado

MOTO G50 5G REVIEW: Vale a pena comprar celular 5G com ótima bateria?
Celulares

MOTO G50 5G REVIEW: Vale a pena comprar celular 5G com ótima bateria?

Testamos o Moto G50 5G por alguns dias e aqui você confere os pontos positivos e negativos deste intermediário de entrada com preço bem interessante, desempenho aceitável e bateria sensacional.

Telescópio Vista capta novas e belíssimas imagens do espaço
Programação

Telescópio Vista capta novas e belíssimas imagens do espaço

O telescópio Vista captou mais uma vez belíssimas imagens do espaço; as imagens da vez captadas do Observatório Europeu do Sul (ESO) foi um aglomerado de estrelas denominado Messier 55

Telescópio MPG/ESO capta imagens de novas estrelas
Programação

Telescópio MPG/ESO capta imagens de novas estrelas

O Observatório Europeu do Sul, o ESO, publicou nesta quarta-feira imagens realizadas pelo telescópio MPG/ESO, onde o mesmo capta imagens de um aglomerado de estrelas, denominado de NGC 6604