A cada mês, a Netflix renova seu vasto catálogo com uma avalanche de novidades que prometem agradar a todos os gostos e preferências. Desde emocionantes thrillers que nos mantêm à beira do sofá até histórias de amor que aquecem o coração, a diversidade é tamanha que algumas pérolas acabam passando despercebidas pelo grande público. No entanto, entre essas novidades, há sempre aqueles títulos que, apesar de menos divulgados, são verdadeiras joias raras capazes de oferecer experiências cinematográficas únicas e envolventes.

Neste post, o Oficina da Net traz quais são os 3 filmes recém-chegados ao catálogo da Netflix que você provavelmente ainda não viu. Pega a pipoca!

Crise (2021), Nicholas Jarecki

Crise (2021), Nicholas Jarecki
Crise (2021), Nicholas Jarecki

"Crise" (2021), dirigido por Nicholas Jarecki, é um thriller que explora a epidemia de opioides nos Estados Unidos através de três histórias entrelaçadas: um agente infiltrado lutando contra traficantes de fentanil, um pesquisador descobrindo a verdade por trás de um novo analgésico supostamente não viciante e uma mãe buscando justiça para o filho viciado. O filme destaca a complexidade da crise dos opioides, abordando os impactos devastadores do vício, as pressões da indústria farmacêutica e o custo humano de uma tragédia de saúde pública.

Jogo Bonito (2024), Thea Sharrock

Jogo Bonito (2024), Thea Sharrock
Jogo Bonito (2024), Thea Sharrock

No filme "Jogo Bonito", Mal (interpretado por Bill Nighy), o treinador da seleção inglesa de futebol de rua, embarca em uma viagem a Roma com seus jogadores, todos vindos de situações de sem-teto, alimentando o sonho de se destacarem como futuros vencedores da Copa do Mundo dos Sem-Teto. Na iminência da partida, Mal toma a decisão impulsiva de incluir Viny (Michael Ward) na equipe. Agora, encarregado de guiar o time à vitória, Viny também precisa navegar por seus desafios pessoais.

Descanse em Paz (2024), Sebastián Borensztein

Descanse em Paz (2024), Sebastián Borensztein
Descanse em Paz (2024), Sebastián Borensztein

Em "Descanse em Paz", acompanhamos a história de Sergio (interpretado por Joaquín Furriel), um pai de família assoberbado por dívidas e problemas de saúde. Diante de uma oportunidade inesperada, ele decide forjar sua própria morte e assumir uma nova identidade, visando proteger sua família do desastre financeiro. Após anos vivendo fora de seu país, um encontro fortuito revela pistas sobre seu passado. Motivado pela tentação e pela curiosidade de descobrir o destino de seus entes queridos, Sergio se vê diante de um dilema que desafia o novo mundo que construiu para si.