Nasa está desenvolvendo GPS lunar para futuras missões

A NASA está trabalhando em um GPS para usá-lo na Lua. O projeto requer algumas características além do GPS terrestre, mas a NASA já está trabalhando em um computador de navegação para a Lua.

Por | @oficinadanet NASA Pular para comentários

Na Terra estamos mais acostumados a usar o GPS diariamente para nos orientar. Embora seja uma invenção relativamente recente, ainda há muito espaço para melhorias, e alternativas como o Galileo ou GLONASS, que são um pouco mais modernos, mostram que o geo-posicionamento ainda tem um longo caminho a percorrer. No entanto, a próxima grande inovação no posicionamento pode não estar focada em seu uso civil ou militar na Terra.

Embora ainda haja muito para se ter uma presença permanente na Lua, tudo indica que a NASA quer repetir a experiência de qualquer motorista diariamente, mas com os Rovers lunares, por isso, está desenvolvendo sua própria versão de posicionamento por satélite na lua.

Deve ser levado em conta que esta é uma tarefa particularmente complicada: orientar-se no espaço com referência a outros corpos conhecidos, dentro do sistema solar, já é bastante complicado, mas graças ao fato de que a posição das estrelas é fixa, elas podem ser usadas para triangular a posição, e conhecer a localização, mas isso requer muito trabalho.

Agora sabemos que a agência espacial está desenvolvendo uma versão semelhante ao GPS da Terra, mas para uso e orientação na Lua.

"A NASA tem conduzido a tecnologia GPS de alta altitude há anos, e o GPS ao redor da Lua é a próxima fronteira." Luke Winternitz, arquiteto do sistema MMS da NASA. 

Tecnologia de GPS Lunar não é igual a da Terra

O problema é que a tecnologia que usamos na Terra não atende a Lua, então o desafio é muito maior e alguns dos conceitos não podem ser aplicados em sistemas de posicionamento fora do nosso planeta, o que implica no papel para começar do zero.

É por isso que ela está trabalhando em um novo navegador, que usa uma antena especial de alto ganho, um relógio superpreciso e outras melhorias em relação ao sistema GPS NavCube e, é claro, compatível com todos os sistemas terrestres que já usamos, e que a NASA usa em suas missões.

Mais sobre: tecnologia, ciencia, nasa