Apple volta a perder mercado em smartphones no Brasil; Xiaomi cresce

O mercado tech, principalmente no segmento de smartphones em 2020 segue mudando a cada lançamento que chega. Últimos números mostram queda da Apple no Brasil, enquanto a Xiaomi segue ganhando mercado.

Apple volta a perder mercado em smartphones no Brasil; Xiaomi cresce

Encabeçando como de costume, a lista de mais vendidos no Brasil e também no mundo, a Samsung segue líder isolada.

Utilizo sempre como base os dados fornecidos pela StatCounter, lá existe uma série de dados para que possamos realizar pesquisas por período e outros filtros e indicadores de mercado.

Com isso podemos ilustrar graficamente como anda o mercado de smartphones no Brasil e também no mundo. Bom vamos deixar a Samsung de lado e falar um pouco sobre os demais fabricantes de smartphones.

Quando falamos de mercado brasileiro, a chance de ver empresas crescerem e ganharem mercado vendendo smartphones caríssimos é muito pequena.

Apesar da Apple seguir crescendo mundialmente, no Brasil, os preços praticados pela empresa não permitem observarmos o mesmo crescimento, principalmente com tantos outros smartphones competindo pelo dinheiro contato dos usuários brasileiros.

Enquanto a Apple perdeu quase 3% de mercado a Xiaomi cresceu 1%, Samsung e Motorola também registraram crescimento em abril
Enquanto a Apple perdeu quase 3% de mercado a Xiaomi cresceu 1%, Samsung e Motorola também registraram crescimento em abril

Por isso observamos a Samsung e a Motorola nas duas primeiras posições de nossa lista. A explicação é simples, a gama de smartphones disponíveis e a variação de preços mantém ambas as empresas vendendo.

E é exatamente isso que a Xiaomi enxergou no mercado brasileiro, temos diversos modelos, que se encaixam em diversos segmentos, do básico ao avançado, mas o que cria essa alavancagem nas vendas é de fato o segmento de smartphones intermediários.

Trazendo cada vez mais rápido seus lançamentos para o mercado brasileiro e não se importando muito se seus dispositivos vem sendo vendidos em suas lojas oficiais ou no mercado cinza. É importante citar isso uma vez que nas lojas oficiais os preços estão parecendo de iPhones.

Infelizmente a postura da Apple nunca foi de trazer produtos baratos no Brasil. Enquanto em outros países iPhones são vendidos como quaisquer outros dispositivos com Android. No Brasil os preços colocam os produtos da marca bem distantes dos bolsos dos menos afortunados.

A Apple parece ter observado isso e lançou um iPhone por "apenas" US$399, o iPhone SE (2020), o preço contempla a versão de 3GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno.

Resta saber se o iPhone SE (2020) fará com que esses números mudem, de certo a torcida da Apple é para o crescimento rápido, mas não podemos contar com isso de forma rápida em nosso mercado. Atualmente o iPhone SE (2020) no Brasil custa R$3.699.

Com esse preço fica complicado vender o novo iPhone por aqui, afinal temos o iPhone mais barato com o preço de um topo de linha da Samsung. Com esse valor podemos comprar um Galaxy S10 Plus, um Galaxy Note 10 e até um Galaxy Note 10 Plus em todos eles, com pelo menos o dobro de armazenamento interno, ou seja 128GB.

A versão de 128GB do iPhone SE (2020) aqui no Brasil custa R$3.999, por esse valor já achamos o Galaxy S20.

Vale lembrar que não estamos falando aqui sobre o posicionamento das empresas a respeito de seus preços. Principalmente agora que temos observado que todas vem aumentando seus preços absurdamente.

Então fica aqui uma dica adicional, só compre um smartphone agora se você realmente precisar. Algo como "caiu e quebrou", "queimou", "fui roubado" e etc. Pois tudo aumentou pelo menos uns 20%.

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário