Smartphones da Huawei podem rodar Android e Harmony OS simultaneamente

Graças à guerra comercial entre China e EUA, a Huawei não pode usar aplicativos do Google em seus smartphones. Para conciliar as coisas, a chinesa deve lançar seu próprio sistema Harmony OS juntamente com o Android.

Por Huawei Pular para comentários
Smartphones da Huawei podem rodar Android e Harmony OS simultaneamente

A relação entre China e os Estados Unidos parece estar melhorando aos poucos, mas ainda não há nenhuma certeza de que os EUA possam remover o veto à Huawei até novembro, embora o mundo espere que sim. Porém, a fabricante não vai esperar por isso, e tem um plano para caso a paz não se concretize. Os smartphones da Huawei foram um dos produtos mais afetados pela guerra comercial, e a empresa preparou uma solução inusitada: Não vai escolher entre o Android ou o seu próprio sistema Harmony OS, mas sim vai colocar ambos em seus novos aparelhos.

De acordo com o site Huawei Advisor, a fabricante chinesa pode instalar ambos os sistemas operacionais em seus novos aparelhos, e não só nos smartphones que serão lançados, mas nos aparelhos Huawei que já estão em uso. Quem já tem um Huawei com o Android, e corre o risco de perder os aplicativos do Google, terão a opção de alternar entre o Android e o Harmony OS no aparelho.

Smartphones da Huawei podem rodar Android e Harmony OS simultaneamente

O Mate 30 pode não incluir os aplicativos do Google, é provável que nenhum lançamento em 2020 inclua. Dessa forma, os usuários podem escolher qual sistema operacional usar ao ligar o dispositivo.

O Harmony OS não está pronto para substituir o Android

Não há dúvidas de que a Huawei tem planos de substituir o Android pelo Harmony OS em algum momento no futuro, mas o sistema operacional desenvolvido pela companhia chinesa ainda não tem condições de fazer isso em 2020.

O CEO da divisão móvel da Huawei, Richard Yu, disse que o Harmony OS poderia estar pronto muito em breve, mas o CEO e fundador da Huawei, Ren Zhengfei, deixou claro recentemente que levaria aproximadamente de 2 e 3 anos para que o Harmony OS pudesse competir contra o Android e o iOS, pois isso demandaria um ecossistema robusto de aplicativos, o que custa tempo e dinheiro.

Mesmo que demore, a Huawei tem um sistema operacional próprio e pretende fortalecê-lo pelos próximos anos, e essa é a razão pela qual provavelmente a Huawei deve lançar seu sistema operacional ano que vem, sem forçar os usuários a abandonarem o Android por hora.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários