8 Dicas para montar um PC gamer barato

Um PC Gamer deve ser pensado antes de ser comprado. Veja o que é importante e o que é dispensável no hardware.

Por | @oficinadanet Hardware Pular para comentários

1. Processador

t

O processador determinará a velocidade do seu computador e sua capacidade de executar tarefas sem problemas. Ele tem que ser muito rápido, e suportar programas pesados. O ideal é um processador no mínimo quad-core com mais de 3 GHz. 

A terceira geração da Intel é excelente graças à sua função TurboBoost, que oferece melhor desempenho quando necessário. Um processador Intel i5 é uma opção sólida para a maioria dos players, mas um Intel i7 lhe dará muito mais velocidade. 

O processador determina como um sistema funcionará na maioria dos softwares. Se você pretende gastar um valor alto nisso, um octa-core da Intel pode ser tentador. Mas lembre-se que esses chips Core X-Series custam um alto valor e não valem a pena para jogos. Apenas é recomendado para aqueles que não têm absolutamente nenhuma preocupação com o preço final. Esta série pode rodar até 18 núcleos, como o Core i9-7980XE, que custa em torno de R$ 15.000.

No geral, a Intel é a melhor marca. Embora a AMD seja competitiva em alguns pontos de preço, todos os processadores da empresa não oferecem um desempenho sólido. Eles são uma ótima opção para quem quer um chip de oito núcleos (ou melhor) com um orçamento apertado, mas os chips de quatro e seis núcleos da Intel são a melhor escolha para jogos.

2. Placa de vídeo

É provável que esse item seja cerca de 1/3 do preço total de um PC gamer. Não economize com esse item. As placas da AMD e Nvidia são as únicas marcas a mencionar quando se trata de placas de vídeo, e elas estão disponíveis a um preço razoável.

A placa de vídeo é muito importante porque ela é a responsável por mostrar a qualidade da imagem de um jogo. Se você está procurando por um desempenho aceitável, procure cartões de 4GB ou mais. Atualmente, as melhores placas de vídeo já tem mais de 8GB.

3. Placa-mãe

d

Você deve lembrar que a placa-mãe é o ponto em que todos os outros componentes estão conectados (além da fonte de alimentação), por isso é necessário ter uma boa placa para aproveitar melhor as peças.

Imagine que a placa-mãe é uma cidade. Se você escolher componentes muito poderosos, mas uma placa com certificação H110, por exemplo, terá uma cidade em que as estradas são de sentido único, e haverá congestionamentos. Se escolher esses mesmos componentes, mas com uma placa Z270, as estradas terão várias pistas em ambas direções, e todos os componentes serão muito melhor aproveitados.

Nem sempre o mais caro é o melhor, pois existem placas que se destacam por ter muitas opções de iluminação ou refrigeração nos módulos M.2. Pode ser que você não queira LEDs coloridos, ou que você não use um SSD M.2, então seria absurdo gastar mais dinheiro com isso.

Sobre a escolha da placa-mãe, este elemento é o principal protagonista que definirá a possibilidade ou não de futuras atualizações.

4. Memória RAM

d

Você deve optar por pelo menos 8 GB. Títulos como Battlefield ou The Witcher 3 podem exigir muito uso da CPU, e você precisará de uma boa memória RAM para atingir essas velocidades mais altas.

Não desperdice dinheiro com RAM desnecessária

Pentes de memória RAM são relativamente baratos, mas não se empolgue com isso. Alguns vendedores de PC gamer adicionam mais memória RAM do que o necessário, para fazer com que um sistema pareça poderoso para consumidores sem instrução, enquanto eles gastam pouco com isso. Não caia nessa. A maioria dos jogos vendidos hoje rodará bem em um computador com apenas 8GB de RAM. Para uma plataforma de jogos séria, no entanto, 16 GB é o recomendado. Qualquer coisa a mais do que isso é exagero.

Para você ter uma ideia, aqui está o cenário atual de requisitos de memória RAM para quatro games populares:

  • Far Cry 5 -  8GB mínimo / 16GB recomendado para 4K 60FPS
  • Destiny 2 -  mínimo de 6 GB / 8 GB recomendado
  • PUBG -  mínimo de 8 GB / 16 GB recomendado
  • Overwatch -  mínimo de 4 GB recomendado por 6 GB

Dito isso, memória adicional não faz um jogo rodar mais rápido; Essa memória extra vai ficar sem uso na máquina. Qualquer dinheiro que possa ser gasto em RAM além de 16GB, deve ser empregado em um outro componente que tenha um impacto maior no desempenho.

5. HD ou SSD

 

A maioria dos computadores vendidos atualmente tem pelo menos um HD de 500 GB e, na maioria dos casos, um modelo de 750 GB ou 1 TB. Mais espaço é melhor, mas o espaço não utilizado não é necessário, por isso a nossa recomendação é simples: Compre apenas o espaço que precisar.

Se você deve ou não comprar um computador com um HD é uma questão mais difícil. Os SSDs são muitas vezes mais caros que os HDs, quando medidos por gigabytes. Eles também não têm impacto no desempenho do jogo. Ainda assim, recomendamos que você compre um SSD, se puder pagar um que ofereça mais de 200 GB de armazenamento. Por quê? Velocidade de carregamento.

Um SSD é muitas vezes mais rápido que um HD. Para jogos, isso significa que um título que leva 30 segundos para ser carregado em um HD, pode ser carregado de 5 a 10 segundos com um SSD. Jogos com tempos de carregamento curtos podem, às vezes, carregar quase instantaneamente.

Se você escolher um SSD, tente selecionar os modelos em formato de bastão menores, pois eles são mais rápidos. Ainda assim, os SSDs mais volumosos são mais rápidos que um HD padrão do mesmo tamanho.

Verifique também se o SSD escolhido para o armazenamento principal contém o sistema operacional. Você obterá o benefício em tempos de inicialização e operação rápida no uso diário. É também por isso que não recomendamos um SSD com menos de 200 GB de espaço. Com o Windows instalado, uma pequena unidade não poderá armazenar muitos jogos.

Finalmente, se você precisar de muito espaço para seus jogos, a melhor opção seria instalar todos os SSDs que a máquina permitir. Por exemplo, você pode escolher um SSD em forma de bastão para hospedar seu sistema operacional e os jogos mais exigentes, e um SSD secundário, ou até mesmo um HD, para armazenar os dados de jogos adicionais, e outros arquivos que você deseja manter no PC.

6. Gabinete

Você deve prestar atenção nesse ítem. Os componentes devem caber no gabinete, e as medidas dele são essenciais. O comprimento do gabinete nos permite saber o comprimento da placa gráfica que podemos colocar, e no fundo você poderá colocar um cooler extra.

Quanto mais portas, melhor. Entre monitores, periféricos ou óculos de realidade virtual, você precisará de um sistema com pelo menos 6 portas USB 3.0, 3 DisplayPorts e uma porta HDMI.

Um gamer geralmente tem muitos acessórios para seus jogos, como fones de ouvido, microfone, o melhor mouse possível, entre outros acessórios. Portanto, você precisa ter várias portas para integrar essas novas tecnologias.

Além disso, veja se o gabinete tem um painel traseiro para esconder os cabos, e se tem opções para instalar coolers superiores e frontais. Não há necessidade de gastar muito dinheiro no gabinete. Basta que ele atende às premissas de design e espaço interno suficientes para manter um bom fluxo de ar. Convém usar refrigeração líquida, mas isso pode aumentar o preço.

7. Monitor

Quando um PC gamer é montado, geralmente o monitor é uma das coisas que menos preocupa, e muitas pessoas acabam comprando um monitor comum. Mas de nada adianta ter um PC altamente poderoso e jogos com gráficos muito bons, se não tiver um bom monitor para exibir essas imagens.

Ao comprar um monitor de jogos, prefira marcas conhecidas, e não se deixe levar por um preço baixo. Dentre as marcas mais recomendadas, podemos citar:

  • Asus
  • LG
  • Acer
  • Samsung
  • BenQ
  • AOC
  • Dell
  • Lenovo

Se você não quer gastar em um monitor grande e luxuoso, é recomendado que compre um menor, que normalmente custam menos. Mas compre um monitor de pelo menos 19,5 a 21 polegadas.

A maioria dos monitores é, pelo menos, HD (720p). Mas um Full HD seria muito melhor. Quanto à entrada, prefira o HDMI ao cabo VGA, pois a qualidade de som é maior.

8. Mouse

b

Para usuários comuns de computador, o mouse pode não ser tão importante assim, mas para o gamer, que necessita de movimentos precisos, um mouse grande e ergonômico é a melhor opção para melhorar a jogabilidade.

Os mouses sem fio dão mais liberdade (especialmente se você pretende conectar o PC gamer à TV, e tem que se afastar do CPU), mas a desvantagem é que eles têm uma conexão mais instável. Além disso, a o fato de que você poderá ficar sem bateria no meio do jogo, ou perder a conexão pela distância. Eles também são menos precisos.

Um mouse com fio tem maior sensibilidade (DPI), menor tempo de resposta e zero chance de sofrer "atrasos". É uma ótima opção para jogos em primeira pessoa. 

Quanto maior o DPI, maior a sensibilidade. Para reproduzir em resolução HD (1920x1080) 5000 DPI serão mais do que suficientes. Geralmente muitos gamers preferem um mouse com botões para ajustar a quantidade de DPI enquanto jogam. Isso é muito útil se você precisar diminuir a sensibilidade do mouse para, por exemplo, pegar um rifle sniper. Ao fazer isso, a mira telescópica se moverá mais lentamente, facilitando o disparo.

Não desperdice seu dinheiro

Depois de ter adquirido o processador, a placa de vídeo, a RAM e o HD ou SSD, você começará a navegar por uma ampla seleção de extras, incluindo placas de som, adaptadores Ethernet, portas USB adicionais e muito mais.

Esses extras não são necessários. As placas-mãe de hoje já integram a placa de so, adaptador Ethernet e vários conectores. Alguns até vêm com Wi-Fi e Bluetooth padrão. 

Isso não significa que esses extras sejam inúteis, mas vale mais a pena gastar dinheiro comprando os itens fundamentais de melhor qualidade do que adquirir extras que não vão fazer muita diferença na sua vida.

Conclusão

À medida que você pesquisa computadores e escolhe as peças de hardware, deve sempre se perguntar: isso faz com que os jogos tenham uma aparência melhor?

Montar um PC gamer é um ato de equilíbrio. Nenhum componente deve imperar em desempenho, e o hardware desnecessário deve ser eliminado para manter o custo dentro do seu orçamento. Por exemplo, um sistema com 32 GB de RAM e um processador dual-core não faz sentido. O dinheiro gasto em memória pode ser muito melhor gasto em um quad-core, por exemplo.

Quando você pesquisa máquinas entre os vendedores de hardware, será bombardeado por anúncios, tanto em sites de fabricantes como em outros lugares, que insistem em dizer que você realmente precisa de uma placa Ethernet sofisticada, que supostamente melhora jogos multiplayer, ou um equipamento triplo GPU, ou um computador pequeno.

Mais sobre: hardware, pc gamer

Siga nossas redes sociais