Smartphones na Turquia não poderão mais chegar com serviços Google

Um processo jurídico acabou por rejeitar todas propostas da Google, acusada de abuso de poder na Turquia. No momento, novos smartphones não poderão chegar ao pais com serviços Google.

Por Google Pular para comentários
Google Services - Imagem: Divulgação - JBKlutse
Google Services - Imagem: Divulgação - JBKlutse

A Google deixará de estar presente na Turquia, significando que Smartphones Android não poderão chegar ao país com aplicativos e serviços Google. De uma maneira mais simples, a Turquia agora sofrerá o mesmo que a Huawei, por motivos diferentes, mas com o mesmo resultado.

Acontece que desde setembro de 2018, a Google está alterando contratos para tentar se manter presente na Turquia, país no qual a empresa foi acusada de abuso de poder. O resultado porém, foi a rejeição de todas as tentativas da empresa por parte do governo Turco, resultando na proibição de sua presença no país.

Toda essa disputa começou quando uma rival Russa da Google, a Yandex, a acusou formalmente de abuso de poder. O ponto de partida para isso foi que no Android, não se poderia escolher qual ferramenta de busca usar, sempre estando vinculado ao Google. No final do ano passado, foi concedido um período de 6 meses para a Google se adaptar, juntamente com uma multa de 15 milhões de euros. A empresa ainda está lutando para resolver a situação com as autoridades turcas, mas de imediato, novos smartphones deverão chegar ao país sem qualquer serviço ou aplicativo Google.

Aparelhos que já estão a venda e no mercado não são afetados pela medida. Somente novos aparelhos não poderão ser lançados no país com serviços Google, independente da fabricante. Ou seja, as empresas fabricantes de smartphones deverão diferenciar versões turcas dos aparelhos para poderem entrar no mercado do país. A Yandex, por sua vez, saiu no lucro com um mercado inteiro sem a competitividade da Google.

Já a possibilidade do mesmo ocorrer em outros países europeus é baixa no momento, mas existe, dependendo da legislação vigente em cada país. A Google já vem sendo questionada na justiça por anos por formar uma espécie de monopólio virtual e tecnológico, dando poucas chances de competitividade para demais empresas.

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários