YouTube TV oferece um teste gratuito de duas semanas para novos assinantes

Depois de reajustar o valor do serviço de streaming para absurdos 50 dólares, parece que o serviço está querendo atrair novos usuários, estendendo de 7 para 14 dias o período de degustação do serviço.

Por Google Pular para comentários
YouTube TV oferece um teste gratuito de duas semanas para novos assinantes

A YouTube TV anunciou em abril a adição das redes do Discovery ao seu pacote de canais, incluindo o Discovery Channel, HGTV, Food Network, TLC, Investigation Discovery, Animal Planet, Travel Channel e o MotorTrend. 

Com isso, ajustou o preço de sua assinatura mensal para US$50. Agora na tentativa de atrair novos clientes aumentou o prazo de degustação de seus serviços de 7 para 14 dias até o dia 14 de agosto. 

Para o público americano, existem ainda outras ofertas de degustação, principalmente para os clientes da Verizon Wireless. Entretanto, como era de se esperar, qualquer usuário que já tenha utilizado seu tempo de gratuidade, não pode fazê-lo novamente.

O YouTube TV parece ter se tornado um serviço sólido no exterior, embora o reajuste tenha causado espanto nos seus usuários e pior, a justificativa da inclusão dos canais Discovery não agradou a muitos.

Preço alto, poucos canais e ainda canais à la carte vem assustando os consumidores
Preço alto, poucos canais e ainda canais à la carte vem assustando os consumidores

Seria interessante se tal serviço chegasse ao Brasil, mas o preço assusta até por aqui, afinal US$50 hoje em conversão direta chegaria praticamente há R$200,00. 

E definitivamente esse valor não é atrativo nem com 30 dias de degustação, que dirá 14!

Os usuários do serviço atualmente estão mais preocupados com um possível novo aumento do que quais canais podem vir a ser adicionados ao pacote atual, que é único. Não existe opção de escolha e com isso não existe variação do valor da assinatura.

Enquanto isso a guerra pelos bloqueios de decoders piratas e proibição através de taxas altíssimas na importação das famosas TVBoxes vem causando dor de cabeça para as atuais operadores de TV por assinatura do Brasil, que atualmente não conseguem combater as práticas de comercialização dos canais servidos por eles, através do sistema de IPTV fornecido a preços de banana, por centenas de empresas e também pessoas pelo país a fora.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto