Oficina da Net Logo

Segurança garantida: Android Pie chega com recurso extra de proteção do sistema

. Uma descoberta foi publicada nesta manhã no fórum XDA em que mostra que o Google realmente está preocupado em aumentar o controle do Android.

Por | @oficinadanet Google Pular para comentários

Na segunda-feira (6), o Google apresentou o nome do Android 9.0, o sistema, inclusive, já começou a chegar para os primeiros aparelhos selecionados.  Hoje, com o mundo já tendo acesso ao novo nome escolhido pela companhia, alguns desenvolvedores começaram a vasculhar o código do sistema para saber mais sobre ele.

Uma das grandes preocupações dos usuários ocorre em relação a segurança no sistema e, ao que tudo indica, o Google focou bastante neste quesito. Uma descoberta foi publicada nesta manhã no fórum XDA em que mostra que o Google realmente está preocupado em aumentar o controle do Android. Agora, o recurso contra reversão que antes era opcional no Oreo, se tornou obrigatório no Pie.

“Conhecido como Boot Verificado 2.0, o recurso impede que o smartphone seja inicializado caso uma versão mais antiga do sistema operacional seja instalada, levando em conta que esta possa ser vulnerável aos malwares mais recentes.”

Segurança garantida: Android Pie chega com recurso extra de proteção do sistema.Segurança garantida: Android Pie chega com recurso extra de proteção do sistema. Leia em destaque: 7 serviços do Google que estão desativados e obsoletos.

O local em que mostra o recurso sendo usado de modo obrigatório está na seção de “Integridade do dispositivo”. Isso tudo representa mais um avanço do Google em relação as melhorias da segurança do seu sistema operacional. Conforme o que foi descoberto, a proteção deverá estar presente na partição em fica o sistema.

No local onde fica o firmware persistente, ou seja, câmera, modem, entre outros, o Google não implementou a exigência do recurso. Conforme os membros da LineageOS, a razão para isso pode ser em função das pequenas fabricantes, para que não sejam afetadas, pois não possuem uma grande equipe de desenvolvimento.

Até então, desenvolvedores e pessoas que usam ROMs personalizadas não precisam ficar preocupados. Isso tudo porque a implementação de tal recurso como sendo obrigatório não deve modificar a experiência de instalação do software em aparelhos nativos do Android Pie, mesmo que todo o processo se torne mais complexo.

MAIS SOBRE: #AndroidPie  #Google  #segurança  #sistema
Comentários
Carregar comentários