Os 5 melhores JRPGs da década

Um subgênero rico em produções incríveis, os JRPGs ganharam força no ocidente com Final Fantasy e nesses último 10 anos houveram lançamentos memoráveis, confira os 5 melhores JRPGs da década:

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom - Imagem: Divulgação
Ni no Kuni II: Revenant Kingdom - Imagem: Divulgação

Um dos gêneros mais populares de jogos é o RPG, ou role-playing games. As desenvolvedoras japonesas de jogos, como a Square Enix, levaram à criação de um subgênero dentro dessa categoria de jogos, o JRPG (Japanese Role-Playing Games), jogos que trouxeram um estilo visual e de gameplay próprio, tendo Final Fantasy e Dragon Quest como duas das franquias referência desse subgênero.

Aqui lhe apresentamos uma lista dos melhores JRPGs da última década, de acordo com experiências pessoais deste autor e também das avaliações e reviews gerais que tais jogos receberam.

Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age

Data de lançamento: 29 de julho de 2017

Plataformas: Nintendo Switch, PS4, Xbox One, Nintendo 3DS e PC

Pense em um jogo bonito, completo, divertido, que consegue atrair todas as idades e oferece mais de 100 horas de gameplay? Dragon Quest XI é uma obra prima da Square Enix e deve ser lembrado. O jogador acompanha a difícil jornada do Luminary, a reencarnação de um herói lendário destinado a livrar o mundo das trevas.

Pode parecer levemente clichê, mas o enredo certamente se mostra longe de tedioso. Com personagens muito cativantes e uma boa quantia de reviravoltas, Echoes of an Elusive Age cria uma história envolvente e que casa perfeitamente com o estilo clássico de RPG por turnos. E vale destacar ainda que o game não é tão inocente e fácil quanto aparenta, apesar do visual tipicamente mais infantil de Dragon Age.

Nier: Automata

Data de lançamento: 23 de fevereiro de 2017

Plataformas: PS4, Xbox One e PC

Com uma gameplay insana e épica, Nier: Automata é mais uma obra prima no gênero de JRPG moderno. Pouco se fala na história e na pele de soldados androids você majoritariamente segue ordens que geram missões típicas de RPG. Contudo, cada detalhes encontrado no mundo, os pequenos diálogos com NPCs, tudo isso contribui para a construção de uma história memorável.

A interface do game também é bem revolucionária, assim como o sistema de "equipamento" que entra como plugins para seu corpo android. A exploração do mundo é suficientemente boa para um JRPG, mas não é nem de longe o que se destaca em Nier: Automata.

O combate e um enredo com três rotas distintas é o que torna o jogo tão interessante. Para acessar cada rota, você deve zerar o game. Então recomeçá-lo na pele de outro android para zerá-lo novamente e liberar a rota que dá sequência a história já jogada em duplicidade. Mas não se engane, não é nada chato jogar o game duas vezes, cada detalhe extra e informações novas são muito valiosas para a compreensão do todo. Por fim, a arte e trilha sonora do game são simplesmente fenomenais.

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom

Vídeo incorporado do YouTube


Data de lançamento: 23 de março de 2018

Plataformas: PS4 e PC

No geral, Ni no Kuni II mostra que os JRPGs podem manter seu charme único e muito japonês, mas fornecer toda a profundidade de jogo junto com ação imediatamente acessível e agradável, que os melhores RPGs ocidentais oferecem.

Qualquer pessoa que tenha algum tipo de queda por RPGs, portanto, achará Ni no Kuni II totalmente irresistível. Com um visual que parece que saiu direto dos filmes dos Studios Ghibli, Ni no Kuni II: Revenant Kingdom oferece uma experiência sem faixa etária de ação, aventura e muita contemplação.

Qualquer fã de JRPG certamente irá gostar desse jogo, que assim como Dragon Quest XI, é extremamente completo e oferece longas horas de gameplay memoráveis.

Fire Emblem: Three Houses

Vídeo incorporado do YouTube

Data de lançamento: 26 de julho de 2019

Plataformas: Nintendo Switch

Fire Emblem: Three Houses é o mais recente da série de RPG de estratégia de longa duração e, embora tenha uma competição feroz na forma de Awakening e Path of Radiance, Three Houses parece a experiência mais definitiva do Fire Emblem até hoje.

Ao contrário dos títulos anteriores, que se concentram quase exclusivamente em batalhas, Three Houses mistura um sim de vida com a jogabilidade estratégica. Nele, você terá que escolher entre uma das três casas, cada uma com seus próprios personagens e história recrutáveis.

Você joga como professor e, fora da batalha, gastará seu tempo treinando alunos, construindo relacionamentos, comprando itens e recrutando novos alunos. Como Persona, os laços que você forma fora da batalha afetarão seu desempenho em ação, trazendo um novo nível de profundidade para a série. Para a maioria das pessoas, Three Houses é o melhor jogo Fire Emblem, embora Path of Radiance seja uma ótima escolha para quem procura uma experiência mais pura.

Persona 5

Vídeo incorporado do YouTube

Data de lançamento: 15 de setembro de 2016

Plataformas: PS3, PS4

Escolher um jogo Persona favorito é como escolher seu filho favorito. Claro, há um que você definitivamente prefere em vez dos outros, mas eles são todos muito bons. Para nós, é o mais recente da Atlus: Persona 5. Nele, você joga como um protagonista silencioso de codinome Joker, que, junto com um grupo de amigos, viaja em corações corruptos para consertá-los.

Claro, é uma configuração cafona, mas que faz maravilhas no contexto do Persona 5. Se você nunca jogou um jogo Persona, eles são metade JRPG, metade sim vida. Você passa a maior parte do tempo trabalhando dia após dia enquanto luta pelas aulas do ensino médio, conhece novos amigos, lê livros e estabelece relacionamentos.

Ao longo da história, no entanto, vários eventos surgirão, pedindo aos Ladrões Fantasmas - você e seu grupo de amigos - que viajem para os corações daqueles que estão corrompidos. Essas áreas semelhantes a masmorras são onde Persona se sente como um JRPG tradicional, mas com conceitos e estilos de personagem interessantes.

Xenoblade Chronicles

Vídeo incorporado do YouTube

Data de lançamento: 10 de junho de 2010

Plataformas: Wii, Nintendo 3DS, e conta com versão remasterizada para Nintendo Switch

O Wii não é conhecido por sua linha de JRPGs fora de Fire Emblem: Radiant Dawn e uma série de relançamentos para o console virtual. Xenoblade Chronicles continua a série de títulos Xeno no PlayStation e PS2, que começou com Xenogears de 1998 antes de passar para a trilogia Xenosaga no PS2.

Mecanicamente, Xenoblade Chronicles combina elementos de vários outros JRPGs. O sistema de batalha acontece em tempo real, embora os jogadores possam inserir ataques especiais conhecidos como Artes, que não devem ser confundidos com a série Artes dos Tales. Embora o jogo possa inicialmente parecer que você está apenas assistindo a uma apresentação de slides de animações de ataque, ele se transforma em algo muito mais nuançado conforme o jogo avança e os inimigos ficam mais difíceis.

Infelizmente, Xenoblade Chronicles parece uma bagunça, tanto no Wii quanto no 3DS. As capacidades dessas plataformas não permitem que o jogo estique as pernas o suficiente, levando a texturas turvas e pouco anti-aliasing. Felizmente, o jogo está sendo refeito para Nintendo Switch e deve ser lançado este ano.

Melhores celulares Xiaomi para comprar agora

Conteúdo relacionado

Black Friday 2021: cuidado com as falsas promoções de celulares
Celulares

Black Friday 2021: cuidado com as falsas promoções de celulares

Com a Black Friday chegando, muita gente considera esse o momento certo para trocar de celular por conta dos baixos preços. O Oficina da Net separou esse guia para você entender que não é bem assim!

Como usar e configurar um emulador de PS2 no PC (2021)
Games

Como usar e configurar um emulador de PS2 no PC (2021)

Está afim de ter aquela nostalgia com os melhores jogos de PlayStation 2 mas que não foram lançados para PC? Não se preocupe, hoje iremos ensinar vocês como emular estes jogos.

Guia Deathloop - Dicas importantes para mandar bem no jogo
Games

Guia Deathloop - Dicas importantes para mandar bem no jogo

Deathloop já é um dos grandes destaques do ano! Confira estas dicas que preparamos para que você consiga se dar bem em sua jornada pela ilha de Blackreef!