League of Legends: Tier list dos campeões no patch 10.10

Neste patch, os assassinos se destacam no mid, colossos no top e suportes de peel ganham mais força. O meta atual é favorável aos tanks e lutadores e a rota mais fraca do jogo é a inferior. Veja a análise:

Capa do evento Pulsefire - Créditos: Riot Games - Imagem/Divulgação
Capa do evento Pulsefire - Créditos: Riot Games - Imagem/Divulgação

Com o patch 10.10 de League of Legends vieram novos nerfs e buffs para vários campeões e também chegou o evento Pulsefire, com 4 skins para Fiora, Ekko, Pantheon e Lucian (que conta também com versão prestígio por 2000 emblemas do evento. O balanceamento do game se altera com a chegada de cada atualização, assim cada rota também vê alterações nos campeões que as dominam. Confira então nossa tier list de campeões de League of Legends, organizada por rota. Essa lista leva em consideração estatísticas colhidas por múltiplos sites e aplicativos, como blitz.gg, metascr.com e op.gg. Esses números são a taxa de vitórias, KDA médio (Kills, Deaths e Assists), taxa de banimento e taxa de picks de cada um dos campeões. Tenha em mente de que consideramos estatísticas médias gerais, ou seja, que abrangem todos os elos, mas especificamente no modo 5v5 em Summoner's Rift, tanto em Normal Game como em partidas rankeadas. Campeões não listados estão no rank C e possuem as piores estatísticas nesse patch.

Top Lane:

Os campeões em destaque na rota topo nesse patch são os colossos que conseguem causar muito dano ao mesmo tempo que possuem alta sobrevivência. Os campeões tier S desse Patch são todos muito simples de se jogar e tem itens muito similares em suas builds. A Trindade é item quase que obrigatório na toplane nos últimos patchs e o buff na Capa de Fogo Solar beneficiou muito campeões lutadores e tanks. Outro item recorrente nessa lane no 10.10 é a Espada do Rei Destruído. Mordekeiser é o único campeão a estar com estatísticas bem altas no top que faz AP e com isso sua build se diferencia bastante das demais. Seu comportamento, porém, é muito similar aos demais colossos e sua troca 1vs1 é tão forte quanto os demais. Darius se destaca como o campeão com melhores resultados gerais na top lane, com muito dano devido à sua passiva e alta sobrevivência e sustain com o seu Q.

  • Tier S: Garen, Darius, Sett, Mordekaiser e Renekton
  • Tier A: Fiora, Shen, Wukong, Jax, Malphite, Nasus, Urgot e Maokai
  • Tier B: Irelia, Ornn, Camille, Teemo, Aatrox, Riven, Vladimir, Illaoi, Quinn, Tryndamere, Kled, Singed e Yasuo.

Mid Lane:

A mid lane está dominada pelos assassinos e personagens de burst ou que tenham trocas muito fortes. Vale ressaltar que campeões como o Kassadin e Syndra estão muito fortes nos elos mais altos em especial, tanto que a Syndra já deverá receber um nerf no próximo patch. Uma vez que o role de assassino está particularmente forte, campeões que jogam recuado e que possuem mais range também acabam subindo. Lux, Ahri, Orianna, Syndra e Veigar estão com boas estatísticas na Mid Lane justamente porque são campeões que possuem bastante range e conseguem farmar sem se expor. Alguns campeões típicos da top lane também estão bem no mid, como Malphite, Garen, Swain e Galio, justamente pelo fortalecimento no role tank e por não serem burstados por assassinos.

  • Tier S: Zed, Yasuo, Syndra, Kassadin, Fizz e Ekko
  • Tier A: Diana, Katarina, Le Blanc, Talon, Galio, Veigar, Orianna, Ahri, Lux e Annie
  • Tier B: Vladimir, Sylas, Cassiopéia, Vel’Koz, Malzahar, Zoe, Twisted Fate, Zilean, Xerath, Swain, Pyke, Malphite e Garen.

Jungle:

Desde as atualizações 9.0 que a Riot está enfraquecendo a jungle de maneira geral. No início deste ano vieram as alterações nos buffs dos dragões e foi introduzida uma nova mecânica de mudança no mapa de acordo com o elemento do terceiro dragão a surgir na partida. Isso trouxe mais importância para a Jungle. Mas acontece que o ouro e experiência que a jungle dá ainda se manteve baixo em comparação às rotas, então alguns junglers que se caracterizam pelo power farm (farmar bastante no começo/meio do jogo) se enfraqueceram muito e deram espaço para junglers carnívoros, ou seja, aqueles junglers que gankam bastante ao longo de todo o jogo. Por exemplo, Lee Sin, Graves, Jarvan IV são alguns personagens que dependem bastante de ganks para crescerem dentro do jogo e também possuem um early bem forte. Os dragões também fazem com que a bot lane em particular receba bastante ganks para garantir os buffs.

  • Tier S: Graves, Lee Sin, Kayn e Master Yi
  • Tier A: Ekko, Zac, Trundle, Warwick, Elise e Jarvan IV.
  • Tier B: Kha’Zix, Olaf, Rek’Sai, Amumu, Rammus, Fiddlesticks, Evelynn, Shaco, Shyvana, Nunu e Nidalee.

Bot Lane:

Já não existem tantos atiradores dentro do LoL, e os que existem não estão em momentos muito bons. A bot lane de maneira geral é a lane mais fraca nos últimos patchs e os atiradores estão sofrendo com alguns nerfs passados em itens de crítico e com as alterações nos dragões desde janeiro. De maneira geral, a bot lane tem sido alvo frequente de ganks de assassinos do mid e dos junglers, enquanto os tanks, lutadores e colossos tem dificultado a vida de quem faz tipicamente crítico e a Riot tem tido dificuldades em colocar a bot lane de volta a ter importância no jogo. Nesse patch e também no patch a seguir a Riot está buffando a vida base dos ADCs e aumentando a velocidade de movimento dos itens de crítico, como Canhão Fumegante e Dançarina Fantasma. Com os assassinos estando particularmente fortes, os atiradores e suportes magos são os principais alvos. No momento, mesmo um ADC forte não consegue lidar sozinho com um tank ou com um lutador.

Atiradores:

Por isso, os únicos atiradores no tier S são Miss Fortune e Ezreal, dois atiradores que se comportam diferentemente do restante. Suas builds não dependem de crítico e são atiradores que conseguem crescer a base do oportunismo com suas skills ultimates. A Miss Fortune é uma campeã que tem um early game bastante forte e não possui muita dificuldade em crescer no jogo mesmo ficando para trás. Ela também funciona muito bem buildando letalidade ao invés de crítico (muito mais barato e mais forte no early game) o que deixa seu crescimento mais rápido. Enquanto o Ezreal é o atirador mais versátil e safe que existe no LoL e possui também uma versatilidade enorme de builds. Por isso, mesmo com o meta desfavorável ao seu role, o Ezreal está um campeão bem relevante justamente pela sua mobilidade e versatilidade, enquanto seu mid e late game se encontram particularmente fortes. Outros atiradores como Vayne e Ashe conseguem causar bastante dano à tanks, enquanto a Ashe ainda tem muita utilidade para o time. A Caitlyn está em alto pelo mesmo motivo do Ezreal, joga muito recuada e se aproveita de seu range para pokear e farmar. Ela também consegue crescer com mais facilidade pela sua skill ultimate que facilita conseguir abates. Já o Varus entrou curiosamente no tier A, não pela sua build convencional que também envolve a Espada do Rei Destruído, mas por sua build de letalidade. A bot lane Yuumi + Varus tem aparecido muito no competitivo e o Varus de letalidade voltou ao meta pela seu grande range, potencial de dano no early game e por jogar bastante safe ao mesmo tempo que causa muito dano.

  • Tier S: Miss fortune e Ezreal, apenas
  • Tier A: Vayne, Caitlyn, Ashe e Varus
  • Tier B: Lucian, Jhin, Kai’sa, Aphelios, Jinx e Tristana

Suportes:

Com o role de atirador muito fraco, os suportes também perderam um pouco a relevância no game como um todo. Contudo, se destacam particularmente suportes tanks, devido ao meta lutador/tank do momento, e suportes de peel, pela força dos assassinos e lutadores. Os dois tipos de suporte são relevantes dentro do jogo independente de suas forças. Não são personagens que precisam de itens para fazer alguma coisa. Por isso suportes tipicamente de dano ficaram para trás, com a única exceção da Lux que recebeu mais de um buff em 2020 e tanto no mid quanto no bot joga muito recuada e possui muito range. A Lux, porém, não funciona bem em elos mais altos por ser muito previsível. A Yuumi tem sido um pesadelo para o balanceamento do jogo. Em seu lançamento, ela recebeu inúmeros buffs porque não se mostrava relevante. Agora, ela por si só não é um campeão que está desbalanceada, mas o fato dela curar muito ao mesmo tempo que fica invulnerável beneficia os atiradores que jogam safe e que possuem mobilidade para escapar do engage inimigo e mais ainda os lutadores e tanks do mid e do top. Pela força dos assassinos a Lulu está em mais um patch no tier S pelo seu grande potencial de proteção, assim como a Soraka, Janna e Nami, enquanto o Thresh sobe ao S pela sua versatilidade de build e de comportamento, podendo dar engage ou ao mesmo tempo proteger o ADC.

  • Tier S: Yuumi, Thresh e Lulu
  • Tier A: Nautilus, Leona, Blitzcrank, Morgana, Janna, Soraka e Nami
  • Tier B: Karma, Senna, Bardo, Lux, Sona, Braum, Pyke, Maokai, e Rakan

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário