[Rumor] Microsoft lançará Project Scarlett com potência 5x maior que o Xbox One X

Microsoft pretende anunciar o lançamento de duas linhas de consoles para a próxima geração. Uma será mais acessível e se chamará "Lockart", já a outra possuirá um hardware poderoso, e é chamada de "Anaconda". Confira!

Por Games Pular para comentários
Fonte: WindowsCentral
Fonte: WindowsCentral

Ao que parece, segundo o site windowscentral, a Microsoft pretende anunciar o lançamento de duas linhas de consoles para a próxima geração. Uma será mais acessível e se chamará "Lockart", já a outra possuirá um hardware poderoso, e é chamada de "Anaconda". Não se tem ideia de como de fato serão os novos vídeo games da próxima geração, mas agora temos uma boa ideia de como serão as suas especificações.

Segundo fontes familiarizadas com os projetos da Microsoft, a versão mais parruda do Scarlett, o Anaconda, terá a capacidade de processamento de 12 teraflops (TF) (contra 6TF do Xbox One X e 1,4TF do Xbox One S). Já a versão mais "humilde", o Lockart, possui aproximadamente 4TF. Entretanto, não é somente teraflops que irá determinar a real capacidade dos consoles, e um exemplo disso é a presença do Ray Tracing nos vídeo games da nova geração.

Mesmo que o Lockart possuía menos força bruta que o Xbox One X, os recursos presentes no console da nova geração farão com que o X seja superado de várias maneiras. Ambos os modelos da nova geração irão possuir um processador de 8 núcleos com um clock de 3,5Ghz, onde o Anaconda irá obter um poder maior por núcleo comparado ao Lockart. O aumento do clock nos processadores pode não ser tão grande, porém houve melhorias no cache, mudanças na arquitetura de silício e outras otimizações realizadas sob medida.

Imagem ilustrativa. Fonte: windowscentral
Imagem ilustrativa. Fonte: windowscentral

Com todas as melhorias feitas no hardware utilizado nos vídeo games da próxima geração, dizem que o Anaconda será cinco vezes mais poderoso que o Xbox One X, caso os objetivos sejam atingidos. De acordo com relatos, o Anaconda terá 13GB de memória RAM dedicada para jogos e 3GB para o sistema operacional, dando um total de 16GB de RAM. Outro grande ponto é a utilização de SSDs NVMe proprietarios, onde foi feita uma otimização para diminuir radicalmente o tempo de carregamento, chegando até a eliminar o tempo de loading em alguns casos (exemplo: jogos com 1min de carregamento, poderão ser carregados em poucos segundos).

Imagem ilustrativa. Fonte: windowscentral
Imagem ilustrativa. Fonte: windowscentral

Toda essa informação é empolgante, mas é importante tratá-la com um pouco de cautela, pois não é oficial. Comente abaixo o que achou dos vazamentos ocorridos e compartilhe conosco a sua opinião!

Fonte: windowscentral

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários