Startup Wildlife Studios recebe aporte da Benchmark Capital e é avaliada em US$1,3 bilhão, tornando-se unicórnio

O estúdio de desenvolvimento de jogos para smartphones, Wildlife Studios, de São Paulo, recebeu um investimento do fundo Benchmark Capital. Com isso, a empresa obteve tornou-se o décimo unicórnio brasileiro. Confira!

Por Games Pular para comentários
Personagem Billie, nosso novo embaixador da marca, criado em comemoração ao feito. Fonte: Wildlifestudios (Twitter)
Personagem Billie, nosso novo embaixador da marca, criado em comemoração ao feito. Fonte: Wildlifestudios (Twitter)

Recentemente o estúdio de desenvolvimento de jogos para smartphones, Wildlife Studios, nascido em São Paulo capital, recebeu um investimento do fundo Benchmark Capital. Com isso, a empresa obteve uma avaliação de US$1,3 bilhão, tornando-se o décimo unicórnio brasileiro.

A startup brasileira de games recebeu um aporte de US$60 milhões de um dos maiores fundos de tecnologia de San Francisco. O Benchmark é o responsável por injetar recursos para empresas como Uber, eBay, Twitter e Dropbox. A criadora de jogos, apesar de discreta, já possui quase 9 anos e possui uma boa imagem entre os analistas de venture capital.

O principal ponto da empresa de jogos destacado entre os especialistas é seu lucro desde o seu primeiro ano, obtendo alta capacidade de monetização e boa audiência de seus jogos. Outro angulo apontado foi o período no qual a companhia surgiu, que foi durante a popularização dos smartphones, lhe dando vantagem para elevar sua criatividade ao máximo e ao mesmo tempo se adaptar de acordo com a demanda do mercado.

A Wildlife Studios foi fundada pelos irmãos Arthur e Victor Lazarte. O estúdio chega a lançar cerca de 100 games por ano, onde dois ou três se sobressaem no mercado. Os títulos mais populares da produtora de jogos são Tennis Clash (top 10 em mais de 100 paises), Sniper 3D, War Machine e Zoopa.

De acordo com a startup, tudo começou com o seu próprio recurso, que foi a quantia de 100 dólares. Segundo a Wildlife, a maior parte de sua receita vem de microtransações dos games publicados. Há também um pequeno faturamento obtivo de anúncios (propagandas). Atualmente a empresa possui 500 funcionários, seis escritórios (3 nos EUA, um em SP, um na Argentina e um na Irlanda).

A Wildlife agora faz parte a lista de startups como 99, Nubank, Arco, iFood, Stone, Gympass, Loggi, QuintoAndar e Ebanx.

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários