[Unreal Engine] Motor gráfico desenvolvido pela Epic Games surpreende ao ser utilizado para simular uma tempestade

No começo do mês foi publicado um vídeo onde foi feito uma simulação de uma tempestade que chamou a atenção de muitos por se aproximar muito da realidade. Confira!

Por Games Pular para comentários
[Unreal Engine] Motor gráfico desenvolvido pela Epic Games surpreende ao ser utilizado para simular uma tempestade

No começo do mês foi publicado um vídeo onde foi feito uma simulação de uma tempestade que chamou a atenção de muitos por se aproximar muito da realidade. Publicado pelo usuário koooolalala no YouTube, a simulação utilizou-se do motor gráfico Unreal Engine na versão 4.23, desenvolvido pelo estúdio Epic Games.

Pode parecer, para muitos, que a simulação feita no vídeo requer a utilização de uma máquina muito potente, porém não é o que ocorre. O motor gráfico desenvolvido pela Epic Games consegue proporcionar um bom desempenho até com chips gráficos e processadores de gerações passadas. No caso da tempestade publicada no vídeo, que possui vários objetivos em movimento e colisões, foi utilizado uma VGA Nvidia GTX970 e mesmo assim o desempenho chega a ser impressionante de se ver, pois não há padrão nenhum no movimento dos objetos.

Entretanto, um ponto importante de se salientar é o fato de a simulação carregou somente o necessário para preencher toda a área que foi mostrada. Para realizar esta simulação, foi utilizado no cenário 20 árvores, com 7 mil polígonos cada, sem LOD, e 100 arbustos com 6000 polígonos. Utilizando a placa gráfica citada acima foi alcançado uma taxa de frames por segundo entre 35 e 60.

Imagem da simulação da tempestade. Fonte: koooolalala Imagem da simulação da tempestade. Fonte: koooolalala

Segundo o autor do vídeo, embora pareça surpreendente o resultado, a cena não está otimizada, podendo melhorar mais ainda através de otimizações e uma configuração de hardware melhor. No caso desta simulação, as animações ocorreram em tempo real, caso fosse movimentos pré-determinados, seria possível ganhar mais desempenho ainda. Ou seja, para desenvolver jogos com uma qualidade descente, não é necessário ter um computador com hardware de última geração, com peças topo de linha.

Fonte: tweaktown

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários