Nintendo já vendeu mais de 10 milhões de Switches

Numa conta básica foram mais de 1 milhão de unidades por mês

Por | @Evilmaax Games

A Nintendo acaba de confirmar o que já sabíamos: o Nintendo Switch, seu último lançamento, que consiste em um videogame híbrido - parte móvel, parte console doméstico, é um enorme sucesso. Já foram mais de 10 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento, em 3 de março de 2017, ou seja, há 9 meses e 1 semana atrás.

Faça as contas: São mais de 1 milhão de consoles por mês; ou mais de 33 mil unidades por dia; ou 1400 por hora; ou ainda. cerca de 25 consoles por minuto ao redor do mundo.

Em comparação, o PlayStation 4 da Sony precisou de, aproximadamente, dez meses para atingir a marca de 10 milhões de unidades vendidas em 2014 e, o Wii U, antecessor do Switch, chegou a um total de 13 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento em 2012 até sua descontinuação, no início deste ano.

"O fato de termos alcançado 10 milhões de unidades vendidas no mundo todo sendo que ainda nem chegamos no boom da época de natal é algo sem precedentes para a Nintendo", disse Reggie Fils-Aime, presidente e gerente de operações da Nintendo America, à CNN Tech.

Pelo que parece o sucesso do console pegou mesmo a Nintendo de surpresa: Em outubro, a marca havia feito um anúncio empolgado onde afirmava que esperava que as vendas da Switch superassem as vendas do o Wii U no período de um ano, porém, logo depois eles tornaram público que a produção de Switches teria de ser aumentada para acompanhar a demanda a partir de abril de 2018.

Você também acha que o controle parece um cachorrinho com um olho meio caído??Você também acha que o controle parece um cachorrinho com um olho meio caído??

Fils-Aime atribuiu o sucesso da Nintendo Switch à sua portabilidade, bem como suas ofertas de jogos. E quanto aos jogos, novamente o bom e velho Mario reina absoluto: Super Mario Odyssey vendeu mais de dois milhões de cópias em apenas três dias (e olha que o grande campeão do Oscar dos videogames de 2017 foi The Legend of Zelda: Breath of the Wild, também do Switch).

Além desses outros clássicos da marca estão chegando ao Switch, incluindo games da franquia Kirby, Yoshi, Mario Kart, Bayonetta 3 (exclusivo para o console), entre outros.

O diretor da marca na america já havia dito também à CNN Tech que era importante para o console ter um fluxo consistente de novos jogos, já que as ofertas limitadas disponibilizadas para o Wii U foi um dos motivos do console ter fracassado (além de também não possuir uma proposta clara se ele era um tablet, um videogame, ou o quê).

Segundo os fãs mais temerosos este era o maior medo em relação ao Switch que desde o seu anúncio inicial deixou bem claro que ele também não era o mais tradicional dos consoles: Para jogá-lo você pode optar por usar a "parte tablet" com os controles acoplados um de cada lado ou então puxar o tablet para fora do Switch e conectá-lo a uma base, o "Switch Dock", que vai fazer com que a reprodução seja em uma Tv, assim como qualquer outro console convencional.

Switch sendo jogado no modo móvelSwitch sendo jogado no modo móvel

De acordo com P.J. McNealy, diretor executivo da Digital World Research, a indústria de jogos estava mais do que pronta para absorver o Switch. "O Switch está em posição de se tornar o segundo console nos domicílios [...] O PS4 e o Xbox One estão no 4º ano, enquanto o Switch é um console novo que possui excelentes títulos de primeiro nível. A estratégia da Nintendo de apostar em jogos como Mario e Zelda ajudam a alavancar as vendas nas festas de fim de ano. A Nintendo acerto em cheio neste ano ".

A Nintendo espera que com todo esse sucesso o seu lucro operacional do ano atinja US$ 1,06 bilhão, quase o dobro em relação à sua projeção inicial de US$ 572 milhões feita antes do sucesso do console que é vendido, em média, por aproximadamente US$ 300. O ano fiscal termina em 31 de março de 2018 e a projeção inicial de 10 milhões de unidades vendidas agora é de 14 milhões.

"O ritmo é um dos mais rápidos em nossa própria história e na história do jogo" disse Fils-Aime.

E quem acha que somente o Switch está com as vendas aceleradas, engana-se: O console retro Super NES Classic Edition tão logo surgiu no mercado americano já se esgoutou. A Nintendo agora corre contra o tempo para colocar uma nova leva do console no mercado antes do natal. As vendas do Super NES Classic Edition entrarão 2018 adentro.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
RecomendadoEnquete
Você assina Netflix?
Sim, sou titular(48,48%)
Sim, sou reserva =) (13,94%)
Não, mas pretendo(24,85%)
Não, nem quero(12,73%)
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar