Antigo funcionário da Noughty Dog diz que foi vítima de assédio sexual

Estúdio nega as acusações de David Ballard.

Por Games Pular para comentários

Um antigo colaborador da Noughty Dog diz que sofreu assédio sexual enquanto trabalhava na companhia. Recentemente, David Ballard revelou em sua conta no Twitter que o incidente o levou a ser demitido na empresa, momento em que os recursos humanos da Sony ofereceram-lhe 20 mil dólares para não comentar o caso.

O escândalo de assédio sexual envolve Harvey Weinstein. Ballard salienta em seu Twitter que a coragem das vítimas do produtor o levou a também revelar o seu caso.

Em resposta, a Naughty Dog e a Sony comentaram "Lemos recentemente nas redes sociais que um ex-funcionário da Naughty Dog, David Ballard, afirma ter sido vítima de assédio sexual quando trabalhou na Naughty Dog. Não temos evidências de ter recebido alegações de que o sr. Ballard tenha sido assediado na Naughty Dog e na Sony Interactive Entertainment".

A Naughty Dog ressalta "É da maior importância manter um ambiente seguro e produtivo no local de trabalho que permita canalizar a nossa paixão partilhada pela criação de jogos".

O ex-funcionário David Ballard trabalhou seis anos na Naughty Dog em jogos da saga The Last of Us e Uncharted.

Compartilhe com seus amigos:
Fernanda Beling
Fernanda Beling Administradora, apaixonada por tecnologia. Amante de livros, séries e filmes.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @fsbeling // TWITTER: @fsbeling
Quer conversar com o(a) Fernanda, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(15,60%)
10(56,86%)
15(11,68%)
20(7,93%)
26(7,93%)