Oficina da Net Logo

Violação no Facebook atinge 50 milhões de usuários

O Facebook relatou que desconhece a origem dos invasores, e ainda não avaliou todo o alcance do ataque.

Por | @oficinadanet Facebook Pular para comentários

Nesta sexta-feira (28), o Facebook revelou que um ataque à sua rede de computadores acabou deixando expostos dados de quase 50 milhões de usuários. As informações são do “The New York Times”.

A descoberta foi feita ainda no início desta semana. Eles detectaram que os invasores exploraram um recurso no código do Facebook que permitia que eles assumissem as contas dos usuários. O Facebook já corrigiu a vulnerabilidade e comunicou as autoridades.

O Facebook relatou que desconhece a origem dos invasores, e ainda não avaliou todo o alcance do ataque. A empresa ainda está no estágio inicial de investigação.

Violação no Facebook atinge 50 milhões de usuários.Violação no Facebook atinge 50 milhões de usuários. Leia em destaque: Como baixar vídeos do Facebook sem programas [ATUALIZADO 2018].

Vale ressaltar que a atual notícia não é nada boa para o Facebook, já que a rede social ainda está tentando se recuperar das consequências do escândalo envolvendo a Cambridge Analytica. Na ocasião, a empresa de análise britânica pode ter obtido de modo indevido dados de até 87 milhões de usuários do Facebook.

Atualmente, mais de 2 bilhões de usuários utilizam o Facebook mensalmente. O WhatsApp, que pertence ao Facebook também possui o mesmo número de usuários. Além disso, a companhia de Mark Zuckerberg é dona do famoso aplicativo de fotos Instagram e do app de mensagens Facebook Messenger.

Como modo de precaução, ao menos 90 milhões de usuários foram forçados a sair de suas contas nesta manhã. Além disso, a rede social redefiniu os tokens de acesso e desativou temporariamente o recurso “Visualizar como”.

O que disse o Facebook sobre a recente violação:

Na tarde de terça-feira, 25 de setembro, nossa equipe de engenharia descobriu um problema de segurança que afetava quase 50 milhões de contas. Estamos levando isso muito a sério e queríamos que todos soubessem o que aconteceu e a ação imediata que tomamos para proteger a segurança das pessoas.

Nossa investigação ainda está em seus estágios iniciais. Mas é claro que os invasores exploraram uma vulnerabilidade no código do Facebook que afetou o "View As", um recurso que permite que as pessoas vejam como seu perfil se parece com outra pessoa. Isso permitiu que eles roubassem tokens de acesso ao Facebook que eles poderiam usar para assumir as contas das pessoas. Os tokens de acesso são o equivalente a chaves digitais que mantêm as pessoas conectadas ao Facebook para que não precisem redigitar sua senha sempre que usarem o aplicativo.”

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #Facebook  #violação  #dados  #usuarios
Comentários
Carregar comentários