Oficina da Net Logo

Facebook irá ter sala de guerra para monitoramento eleitoral

Está previsto para abrir na próxima semana uma sala de conferências para as eleições de meio mandato.

Por | @oficinadanet Facebook

O Facebook costuma ser usado para a realização de vários debates, tudo isso através das postagens dos próprios usuários. Alguns assuntos, dependendo do período, ganham um enfoque maior e o conteúdo pode ganhar outros ânimos. A política, por exemplo, um tema bastante recorrente, mas que ganha destaque em algumas ocasiões.

Em 2016, quando surgiram as primeiras preocupações sobre o papel da rede social de Mark Zuckerberg em disseminar propagandas nos Estados Unidos, os críticos acabaram questionando a postura da plataforma.

Facebook irá ter sala de guerra para monitoramento eleitoral.Facebook irá ter sala de guerra para monitoramento eleitoral.

Deste modo, está previsto para abrir na próxima semana uma sala de conferências para as eleições de meio mandato. "Nós vemos isso como provavelmente a maior reorientação de toda a empresa desde nossa mudança dos desktops para os telefones celulares", disse Samidh Chakrabarti, que supervisiona as eleições e o engajamento cívico.

De acordo com o próprio Zuckerberg, o Facebook, atualmente, está melhor preparado para combater os esforços de manipular a plataforma na influência de eleições, incluindo o Brasil e México.

"Identificamos e eliminamos contas falsas antes das eleições na França, Alemanha, Alabama (EUA), México e Brasil," disse Zuckerberg, na semana passada. "Conseguimos encontrar e impedir campanhas externas de ingerência a partir da Rússia e Irã que pretendiam interferir nos Estados Unidos, Reino Unido, Oriente Médio e outros lugares, assim como grupos no México e Brasil ativos no próprio país", comentou ainda.

Fonte: The Verge

MAIS SOBRE: #eleições  #Brasil  #Facebook  #markzuckerberg
Comentários
Carregar comentários
Siga o nosso Instagram!

Estamos lá também: @oficinadanetoficial

Seguir o Instagram do Oficina da Net