Oficina da Net Logo

Facebook dá detalhes sobre sua política de privacidade

Futuras atualizações na politica de privacidade darão mais liberdade para os usuários controlarem quais conteúdos são compartilhados e podem ser usados pela rede social.

Por | @viniischulz Facebook

Publicado no domingo (28), o artigo do diretor de privacidade da rede social, Erin Engan, divulga pela primeira vez detalhes sobre as políticas de privacidade de dados, dos usuários do Facebook. Além da iniciativa do artigo, uma série de vídeos didáticos será lançada com o objetivo de ajudar os usuários a entender melhor como a plataforma usa os dados de suas contas, além de como os mesmos podem controlar o que é ou não compartilhado com a empresa.

A publicação do diretor também informou os planos futuros do Facebook, de apresentar um novo centre de privacidade, ainda para o ano de 2018. A ideia da plataforma é agrupar as configurações de privacidade em apenas um local, facilitando o gerenciamento por parte dos usuários.

Estas mudanças acontecem em virtude de anos de reclamações por parte do usuários com relação a falta de transparência da rede social. Apesar de conquistarmos está transparência, ela tem pouca relação com as publicações críticas, sendo diretamente ligadas às leis de proteção de dados da União Europeia, chamada de GDPR, as novas normas entrarão em vigor ainda em maio. Essas novas normas, exigem que tanto o Facebook, como outras empresas de internet, adequem e apresentem de melhor forma suas políticas relacionadas a proteção e uso de dados de seus usuários, para que assim os mesmos possam consentir com o que as plataformas podem utilizar, apenas com esses ajustes as empresas poderão seguir suas atividades na Europa.

Leia também:

Em resposta a esta nova normatização o Facebook comprometeu-se em seguir as diretrizes propostas pela GDPR, e inclusive ajudar pequenas e médias empresas a fazer o mesmo. “Nossos esforços para construir proteção de dados em nossos produtos e dar mais informações e controle aos usuários refletem os princípios que temos sobre a privacidade. Continuaremos a melhorar as nossas ferramentas de privacidade e esperamos ouvir o que os usuários pensam”, publicou Erin Egan.

SHARE
+ Notícias
Assine a nossa newsletter
Comentários