Receita Federal abre leilão de produtos aprendidos na Região Norte

Nesse tipo de leilão, é necessário retirar o produto pessoalmente na cidade em que ele se encontra. O processo é todo online e qualquer pessoa pode fazer um lance.

Por Curiosidades Pular para comentários
Receita Federal - Imagem: Divulgação
Receita Federal - Imagem: Divulgação

A Receita Federal colocou a leilão mercadorias apreendidas na região Norte do país, e como sempre, muito abaixo do valor de mercado. Entre 154 lotes, pode-se encontrar fones de ouvidos, assessórios e capas de celular, aparelhos eletrônicos diversos, câmeras fotográficas e até mesmo veículos.

Qualquer pessoa é elegível para fazer um lance no leilão eletrônico, porém, as retiradas dos produtos devem ser realizadas pessoalmente nas cidades onde os bens estão. Como se trata de apreensões na região Norte do Brasil, comprar alguma coisa estando no Sul e Sudeste, por exemplo, pode não ser economia alguma.

Nos lotes do estado do Amapá, por exemplo, temos um aparelho celular, filmadores, motor de barco e um carro de 1993 como destaque. Demais produtos no estado estão divididos entre acessórios eletrônicos e para eletrônicos. Cabos, fones, capas de celular, carregadores e outros.

Cada lote e cada item pode ser consultado em receita.fazenda.gov.br, o site da receita federal. Ao clicar em "Leilão" destacado na tela principal, é possível acessar editais por região, no qual o "Belém" contém os detalhes de produtos que podem ser retirados nas sedes da Região Norte.

Para ter ideias de valores, o carro disponibilizado no estado do Amapá está com lance inicial de R$ 600 (veículo de 1993), enquanto o motor de barco começa em R$ 4.000. Esses lotes recebem lances até 13 de janeiro, com pregão eletrônico marcado para o dia 14.

Pessoas físicas e jurídicas podem realizar lances e adquirir produtos, porém pessoas jurídicas não podem comercializar novamente as mercadorias leiloadas. Pessoas físicas, entretanto, podem. Então comprar um celular ou até mesmo um carro super barato pela Receita e depois revendê-lo é legal para pessoas físicas. Essas mercadorias não possuem garantia alguma, não podem ser devolvidas ou trocadas e tampouco possuem garantia que estão funcionando propriamente. Uma avaliação superficial é feita para a descrição do produto leiloado.

Comentários:
Carregar comentários