Entenda o básico sobre SLI e Crossfire

SLI e Crossfire são tecnologias que permitem o compartilhamento de duas ou mais placas de vídeos funcionando simultaneamente.

Por | @marcianodias Hardware

SLI e Crossfire são tecnologias que permitem o compartilhamento de duas ou mais placas de vídeos funcionando simultaneamente.


História


O modo SLI foi originalmente desenvolvido pela 3Dfx Interactive, empresa que desenvolvia chipset gráficos e responsável pelo primeiro compartilhamento de duas placas de vídeo em SLI. Nessa época, SLI tinha outro significado: Scan-Line Interleave.

A primeira placa de vídeo a usar o modo SLI foi a Voodoo 2, nessa época, o modo SLI dobrava o desempenho. No ano de 2000, a empresa 3Dfx Interactive foi comprada pela Nvidia, que, anos mais tarde fez o relançamento do modo SLI, desta vez com outro significado: Scalable Link Interface.
Abaixo temos duas placas de vídeo Voodoo 2 em SLI conectadas por um cabo externo. Veja:
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire


Hoje em dia as placas de vídeo Voodoo 2 estão extintas. Embora hoje as consideremos fracas, antigamente eram consideradas Topo de Linha.


SLI


Em 17 de novembro de 2004 foi relançado o novo modo SLI, desta vez com outro significado e com outro fabricante de chipsets gráficos.
Agora, SLI significa Scalable Link Interface (ou Interface de Link Escalável). O fabricante agora é NVIDIA, uma das maiores empresas chipsets gráficos do mercado, que em 2000 comprou a 3Dfx.

Ao contrário do que muitos pensam, placas de vídeo em SLI não dobra o desempenho dos jogos na prática. O SLI apenas aumenta o desempenho de alguns jogos.
A comunicação entre as placas de vídeo é feita através de um conector dedicado, chamado ponte SLI. Portanto normalmente as placas não usam o barramento PCI Express para transferir dados entre elas ? e é por isso que usar o slot PCI Express no modo x8 não é tão problemático. A exceção fica por conta de algumas placas de vídeo mais simples que suportam SLI usando o barramento PCI Express para fazer a comunicação entre as placas.
Abaixo temos duas placas de vídeos em SLI. Veja:
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire


Ao contrário das placas de vídeo mais modestas, as placas da imagem acima possui um conector dedicado, chamado de Ponte SLI. Nesse casso normalmente as placas não usam o barramento PCI Express para transferir dados entre elas, a Ponte SLI faz a comunicação.
O SLI está disponível apenas para placas PCI Express e você precisa ter uma placa-mãe com dois (ou três, no caso do SLI de três vias) slots PCI Express x16 e a placa-mãe precisa ser baseada em um chipset da NVIDIA. Saiba que dependendo do chipset os slots PCI Express x16 podem funcionar a 8x quando o modo SLI está habilitado.

Originalmente para usar o SLI as placas de vídeo tinham que ser idênticas ? o mesmo chip gráfico, o mesmo fabricante e até mesmo ter a mesma versão de BIOS. A partir da versão 80 do seu driver de vídeo a NVIDIA relaxou um pouco e agora as placas de vídeo podem ser de fabricantes diferentes, mas elas precisam ser baseadas no mesmo chip gráfico. Esta regra é válida para todas as versões do SLI (SLI, Quad SLI e SLI de três vias).
Abaixo temos uma ponte SLI de duas vias. Veja:
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire


Na figura abaixo você pode ver uma ponte de 3 vias. Veja:
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire


Uma implementação do modo SLI requer, além de duas placas compatíveis, uma placa-mãe com barramento PCI Express duplo, e drivers compatíveis. Além disso, para um desempenho otimizado é necessário um "perfil" de configuração para o jogo utilizado.


Hybrid SLI


O Hybrid SLI é um nome genérico para duas tecnologias: GeForce Boost e HybridPower.
O GeForce Boost é uma tecnologia voltada para micros básicos equipados com vídeo on-board para aumentar o desempenho 3D. Nem todas as placas mãe suportam o uso do GeForce Boost, porem, nos caso em que é possível fazer o uso, são basicamente em placas mães com Chipset NVIDIA. Ao instalar uma placa de vídeo você pode configurar o vídeo on-board e a placa de vídeo para trabalharem juntas em paralelo no modo SLI, aumentando assim o desempenho 3D.

O HybridPower, por outro lado, é voltado para micros de alto desempenho. Esta tecnologia desliga as placas de vídeo quando você não está rodando jogos, deste modo é possível economizar energia. Neste caso o vídeo é produzido pelo chipset (ou seja, vídeo on-board).
[PG1]

CrossFire


Após a NVIDIA ter saído na frente oferecendo a possibilidade do usuário poder ter duas (ou mais) placas de vídeo compartilhando desempenho, a ATI tratou de criar algo similar, o Crossfire.
O modo Crossfire foi lançado em 26 de setembro de 2005 pela ATI (que já tinha sido comprada pela AMD) para concorrer diretamente com o SLI desenvolvido pela NVIDIA.
No começo, o Crossfire trouxe uma vantagem em relação ao modo SLI: o usuário poderia usar duas placas de vídeo diferentes, o que originalmente a NVIDIA não aceitava, tempos depois isso mudou, porém, com algumas regras. Ou seja, ATI abriu a possibilidade do usuário usar placas de vídeo ATI com chip gráfico diferentes, ainda assim existe algumas limitações, onde, embora a placa seja diferente, precisam ser da mesma família.

A primeira geração do CrossFire tinha dois problemas principais. Primeiro era necessário o uso de uma placa "mestre", chamada "CrossFire Edition", que era diferente do modelo convencional vendido no mercado ? e tinha um chip adicional chamado "motor de composição" ("composition engine"). Por exemplo, havia a Radeon X650 CrossFire Edition e o modelo padrão Radeon X850 XT. Você não poderia usar duas placas Radeon X850 XT, uma delas precisava ser "CrossFire Edition".
O segundo problema era que você precisava de um cabo externo para conectar as placas de vídeo. Este cabo conecta a saída DVI da placa "escrava" em um conector chamado DMS-59 (ou DMS), que tinha um tamanho físico semelhante ao do DVI, mas com mais pinos, ou em conector chamado VHDCI (Very High Density Cable InterConnect), que é um conector originalmente usado por alguns dispositivos SCSI, na placa "mestre".
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire


Na imagem acima temos uma duas placas ATI em modo Crossfire. Elas fazem parte da primeira geração do modo Crossfire, onde era usado um cabo externo para fazer a comunicação entre as duas.


CrossFire Nativo e CrossFireX


A segunda geração do Crossfire, chamado de Crossfire nativo, resolveu dois principais problemas encontrados na geração anterior: a necessidade de uma placa "mestre", já que desta vez o motor de composição está integrado ao chip gráfico de todas as placas de vídeo que suportam o Crossfire nativo e CrossfireX. O segundo problema solucionado foi a necessidade de usar o cabo externo para fazer a comunicação entre as placas de vídeo, que desta vez usa uma ponte similar a usada no modo SLI nas placas de vídeo topo de linha.

Na imagem abaixo temos uma imagem de dois conectores Crossfire nativo. Veja:
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire


Agora temos uma imagem da ponte do Crossfire Nativo. Veja:
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire


Assim como a NVIDIA, para placas mais simples a ATI decidiu usar a mesma abordagem usada pela NVIDIA: as placas são conectadas através do barramento PCI Express, dispensado o uso de uma ponte externa.

A terceira geração, CrossFireX, que é uma conexão Crossfire Nativo que permite a você conectar até quatro placas de vídeo baseadas nos chips ATI/AMD. Os conectores e pontes são idênticos aos do CrossFire Nativo, a diferença é como eles são conectados. Para usar o CrossfireX é necessário ter uma placa-mãe com três ou quatro slots PC Express x16 de modo a usar mais de duas placas de vídeo.

Abaixo temos uma imagem de quatro placas de vídeo em modo CrossfireX. Veja:
Entenda o básico sobre SLI e Crossfire



Hybrid CrossFireX


O Hybrid CrossFireX é o equivalente da tecnologia GeForce Boost da NVIDIA. Ele é voltado para micros de baixo custo equipados com placas-mães com vídeo on-board. Quando você instala uma placa de vídeo de "verdade" compatível com esta tecnologia, você pode configurar o micro para que a placa de vídeo e o vídeo on-board trabalhem juntos em paralelo no modo Crossfire, aumentando o desempenho em jogos.

Para usar Hybrid CrossFireX, você precisa ter uma placa mãe com chipset compatível e também uma placa de vídeo que suporte esta tecnologia.

Mais sobre: hardware, placa de vídeo
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.